Ifac: O que define o contador de amanhã?

Publicado em: 08 | 09 | 2020

por Comunicação CFC

“Nos últimos meses, tive o privilégio de estar conectada com colegas de pequenas e grandes firmas de auditoria, CEOs de organizações de contabilidade, estudantes e líderes universitários ao redor do mundo, conversando sobre as suas visões a respeito do futuro dos contadores, quais conhecimentos serão necessários, habilidades, mindsets. Todas essas conversas giraram em torno das mudanças ocasionadas pela Covid-19. Em meu ponto de vista, todos, desde o estudante até o veterano da área empresarial, estão enxergando este momento como uma oportunidade de ressignificar o papel do contador, agora e no futuro”, afirma Alta Prinsloo, em artigo publicado no site da Federação Internacional de Contadores (Ifac, na sigla em inglês).

A executiva da Ifac afirma no texto que a Covid-19 interrompeu quase todos os negócios, de ONGs a governos, e, enquanto essas entidades navegavam pela transformação digital urgente, para dar continuidade à força de trabalho ou, simplesmente, para se manterem operacionais, os líderes recorreram aos contadores.

De acordo com o artigo assinado por Alta Prinsloo, um CEO disse: “os trabalhadores da saúde estão na linha de frente para salvar vidas, e os contadores estão na linha de frente para salvar meios de subsistência”. A executiva destaca que a profissão tem sido capaz de defender sua relevância para governos e cidadãos durante esse tempo, e as empresas têm uma noção renovada do valor que os contadores agregam ao seu sucesso a longo prazo.

Ainda segundo o artigo, antes da pandemia, quase 80% dos entrevistados pela Federação Internacional de Contadores, atuantes em PMEs, disseram que a tecnologia estava afetando as funções contábeis tradicionais. Após a pandemia, no entanto, as habilidades e capacidades digitais tornaram-se suas aliadas.

Para ler o texto completo, acesso o ARTIGO no site da Ifac.