Cursos do CRCMG

Na tabela abaixo, apresentamos a relação de cursos a serem realizados pelo CRCMG que foram deferidos pela Câmara de Desenvolvimento Profissional. Com relação à realização de cursos no interior, é necessária mobilização dos Profissionais da Contabilidade juntamente com o Delegado Seccional do CRCMG, para viabilizar a realização do curso, que precisa contar com, no mínimo, 15 Profissionais da Contabilidade registrados e em situação regular. Para mais detalhes, consulte o Delegado Seccional da sua circunscrição.

De qualquer forma, as Associações e os Sindicatos dos Contabilistas realizam cursos no interior, e alguns contam com o apoio do CRCMG. O Profissional da Contabilidade registrado no CRCMG e em situação regular, que se interessar por esses cursos, tem direito a um desconto de 50%. Esse desconto somente é concedido em cursos com o apoio do CRCMG. Para acessar a relação desses cursos, CLIQUE AQUI.


CURSOS PRESENCIAIS A REALIZAR - CRCMG 2017
VALOR DA INSCRIÇÃO: R$50,00 - HORÁRIO DE REALIZAÇÃO: 08h30 às 17h30
Data das Inscrições Horário das Inscrições Cursos Cidade Vagas Data da Realização do Curso

06/01/2017

Inscrições Esgotadas

Às 10 horas

CURSO: PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DO ICMS EM MINAS GERAIS
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

IMPRIMA O BOLETO BANCÁRIO E EFETUE O PAGAMENTO

Conteúdo Programático

1 – DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS – EC 87/2015

·         Aplicação

·         Escrituração Saldo Devedor e Saldo Credor do DIFAL

·         DAPI

·         SPED Fiscal

3 – ALIQUOTAS

·         FEM – Fundo de Erradicação da Miséria

·         ICMS Diferencial de Alíquota

·         Antecipação de ICMS Empresas Simples Nacional (MEI, ME e EPP)

3 – SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS

·         Substituto e Substituído Tributário – Definição

·         Contribuintes Optantes pelo Simples Nacional

·         Listagem de Produtos ST – Alteração

·         Tributação do Estoque

·         Hipóteses de Ressarcimento do ICMS ST

·         Nova Operação de Saída Interestadual

·         Operações Interestaduais Destinadas a Não Contribuintes do ICMS

4 – NOVOS PRAZOS DE VENCIMENTO – SIMPLES NACIONAL

·         ICMS Substituição Tributária;

·         Antecipação de Alíquotas;

5 – CEST – Código Especificador da Substituição Tributária

·         Prazo de Início da Obrigatoriedade de Preenchimento;

·         Contribuintes Obrigados ao Preenchimento;

6 – DESTDA – DECLARAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E ANTECIPAÇÃO

·         Prazo de Entrega;

·         Contribuintes Obrigados;

·         Informações a Serem Prestadas;

·         Transmissão do Arquivo;

·         Certificação Digital;

7 – CODIFICAÇÃO DAS MERCADORIAS OU PRESTAÇÕES REGISTRADAS EM ECF

·         Convênio ICMS 25/2016 – Vigência a Partir de 01/06/2016

·         Número Global de Item Comercial – GTIN (Global Trade Item Number) do Sistema EAN.UCC

·         Código Especificador da Substituição Tributária – CEST

·         Prazo de Início da Obrigatoriedade de Preenchimento

·         Nomenclatura Comum do Mercosul/Sistema Harmonizado – NCM/SH;

8 – SPED FISCAL ICMS IPI

·         Bloco K

·         Alteração de leiaute para 2017

 

Belo Horizonte - MG

60

18/01/2017

09/01/2017

Inscreva-se

Às 10 horas

CURSO: DESTDA E CEST
INSTRUTORA: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

IMPRIMA O BOLETO BANCÁRIO E EFETUE O PAGAMENTO

Conteúdo Programático

01. Substituição tributária do ICMS

- Contribuinte substituto e substituído dentro do ciclo de circulação de mercadorias

- Hipóteses de inaplicabilidade do Regime de substituição tributária para optantes do simples nacional

- Anexo XV, parte 2 do RICMS/MG (Lista de mercadorias sujeitas ao ICMS ST)

- Substituição tributária nas operações: anteriores, subsequentes e concomitantes

- Cálculo para contribuinte substituto optante pelo Simples Nacional

- Cálculo do imposto pelo contribuinte substituído optante pelo Simples Nacional


02. Diferencial de alíquotas na aquisição de outra unidade da federação de material de uso e consumo e ativo imobilizado
- Cálculo do imposto pela empresa optante pelo simples nacional
 

03. Diferencial de alíquotas nas operações interestaduais que destine bens e serviços a consumidor final não contribuinte do imposto


- Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5464, que suspende a cláusula nona do convênio ICMS 93/2015
- Efeitos da ADI 5464

 

04. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação – DeSTDA

-       SEDIF - SN
-       Por que foi instituída a DESTDA

-       Quem está obrigado

-       Prazo de entrega e de retificação
-       Penalidades

-       Como é gerado a DESTDA 

-       Leiaute ) Ato Cotepe 47/2015
-       operações ou prestações referentes a totalidade do ICMS a serem informados

-       Transmissão (TED)


05. CEST – CÓDIGO ESPECIFICADOR DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

-        Convênio ICMS 92/15 – Instituiu o CEST

-      Onde encontrar o Código.

-      Finalidade do CEST;

-      Mercadorias que Permanecerão no Regime da ST a partir de 2016;

-      Obrigatoriedade de Preenchimento;

-       Prazo de Início da Obrigatoriedade;

-       Contribuintes Obrigados;

Belo Horizonte - MG

60

20/01/2017

11/01/2017

Inscrições Esgotadas

Às 10 horas

CURSO: AS NOVAS REGRAS DO SIMPLES NACIONAL 2017 ( LEI COMPLEMENYER 155/2016 )

INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

IMPRIMA O BOLETO BANCÁRIO E EFETUE O PAGAMENTO

Conteúdo Programático

*         Nova modalidade de parcelamento de débitos no Simples Nacional em até 120 parcelas

*         Aumento do limite de Receita bruta para opção no simples Nacional 

*         Possibilidade de novas atividades no simples Nacional 

*         Novos anexos e a Revogação do anexo VI 

*         Alteração no cálculo do Simples nacional 

*         Aplicação de cálculo da alíquota efetiva

*         Atividades que poderão a ser tributadas no anexo III 

*         Aumento no limite para enquadramento no MEI 

*         Nova modalidade de Investidor Anjo no Simples Nacional e a obrigatoriedade da Escrituração Contábil Digital (ECD)

Belo Horizonte - MG

60

25/01/2017

12/01/2017

Inscreva-se

Às 10 horas

CURSO: DIRF 2017 ( DECLARAÇÃO DO IR NA FONTE )

INSTRUTOR: MAURICIO FERRARESI FARACE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* NÃO PONTUA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

IMPRIMA O BOLETO BANCÁRIO E EFETUE O PAGAMENTO

Conteúdo Programático

DIRF 2017

 

- Conteúdo inicial de cadastro

 

- Correlações iniciais com o E- Social

 

- Prazos e Penalidades

 

- Retenções PF

 

- Retenções PJ

 

- Demais Retenções

 

- Cruzamentos da DIRF – DCTF X ECD X ECF

 

• Reavaliando as Retenções Federais

 

• Retenção do IRRF (1,5% e 1%)

 

- Legislação Aplicável

 

- Antecipação e direito a compensar

 

- Momento da Retenção

 

- Base de Cálculo da Retenção

 

- Momento da Arrecadação

 

- Serviços a Retenção:

 

o Serviços Profissionais

 

o Comissões

 

o Serviços sujeitos a Auto-Retenção

 

o Serviços de Construção

 

o Serviços de Medicina

 

• Retenção da CSRF - Novidades na Mudança de Limites e Fato Gerador!

 

Legislação Aplicável

 

- Antecipação e direito a compensar

 

- Novidades da Retenção

 

- Momento da Retenção Caixa ou Competência

 

- Base de Cálculo da Retenção

 

- Momento da Arrecadação

 

- Serviços a Sujeitos a Retenção

 

• Retenções de Órgãos Públicos

 

- Retenções de órgãos Estaduais e Municipais

 

- Retenções de órgãos Federais

 

- Tabela de Retenção

 

• Demais Retenções

 

- Retenções de Aluguel

 

- Retenções de Beneficiários do exterior

- Retenções de PF

- Retenções de aplicações financeiras

• EFD-Reinf

- O que é?

- Módulos da EFD-Reinf

- Modulo de Retenções Federais

- Tabelas e códigos

- Forma de Apresentação

- O que será apresentado

- Periodicidade de envio

Belo Horizonte - MG

60

27/01/2017

13/01/2017

Inscrições Esgotadas

Às 10 horas

CURSO: LUCRO REAL E PREUMIDO ( NOVIDADES E ATUALIZAÇÃO 2017 )

INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

IMPRIMA O BOLETO BANCÁRIO E EFETUE O PAGAMENTO

Conteúdo Programático

Apresentação

Novo tratamento tributário – Lei 12.973/2014, IN 1.397/2013, IN 1.422/2013 (ECD), IN 1.499/2014 (DCTF), IN 1.515/2014 e IN 1.556/2015

Alterações contábeis para IRPJ e CLL

• Principais Alterações Tributárias e Contábeis

 Novidades Contábeis e Fiscais em vigor a partir de 01/01/2017

(Tributos/Pat/Retenção da Fonte/CSLL/PIS -COFINS/Desoneração Folha/outras)

- Principais obrigações acessórias para 2017 (DIRF/DCTF/EFD/ECD/ECF/REINF/eSocial)

- Quais Empresas Obrigadas às Regras Contábeis Internacionais (RCI)

- Controle por SubContas dos Ajustes Fiscais no Lalur/Lacs

• Planejamento Lucro Real X Lucro Presumido

- Lucro Real/ eLalur X Lucro Presumido – Regras Fiscais

- Lucro Real Anual ou Trimestral - Qual apresenta a maior economia Tributária

- Despesas Não Dedutíveis – Cuidado!!! Eleva sua carga Tributária.

- Lucro Presumido Trimestral - Condições, Vantagens e Desvantagens

- Juros de Capital Próprio - Critério alternativo para reduzir o tributo

- Distribuição de Lucros aos Sócios- Cuidados para Isenção do IR

- Variação Cambial Ativa/Passiva - Adoção do Regime em Janeiro/2017

- Conceito de Receita Bruta – Atenção!

• Reflexo Fiscal Relativo às Regras IFRS a partir de 01/01/2017

- Taxa de Depreciação Contábil e Fiscal

- Limite Bens Pequeno Valor e de Créditos Não Recuperáveis

- Teste de Recuperabilidade (Impairment)

- Avaliação ao Valor Justo (AVJ)

- Ajuste a Valor Presente (AVP)

- Arrendamento Mercantil Financeiro e Operacional

- Outras regras contábeis colocadas pelos participantes

 

Belo Horizonte - MG

60

30/01/2017


CURSOS PRESENCIAIS REALIZADOS - CRCMG 2017
Data Cidade Cursos Vagas Certificados

18/01/2017

Belo Horizonte - MG

CURSO: PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DO ICMS EM MINAS GERAIS
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

IMPRIMA O BOLETO BANCÁRIO E EFETUE O PAGAMENTO

Conteúdo Programático

1 – DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS – EC 87/2015

·         Aplicação

·         Escrituração Saldo Devedor e Saldo Credor do DIFAL

·         DAPI

·         SPED Fiscal

3 – ALIQUOTAS

·         FEM – Fundo de Erradicação da Miséria

·         ICMS Diferencial de Alíquota

·         Antecipação de ICMS Empresas Simples Nacional (MEI, ME e EPP)

3 – SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS

·         Substituto e Substituído Tributário – Definição

·         Contribuintes Optantes pelo Simples Nacional

·         Listagem de Produtos ST – Alteração

·         Tributação do Estoque

·         Hipóteses de Ressarcimento do ICMS ST

·         Nova Operação de Saída Interestadual

·         Operações Interestaduais Destinadas a Não Contribuintes do ICMS

4 – NOVOS PRAZOS DE VENCIMENTO – SIMPLES NACIONAL

·         ICMS Substituição Tributária;

·         Antecipação de Alíquotas;

5 – CEST – Código Especificador da Substituição Tributária

·         Prazo de Início da Obrigatoriedade de Preenchimento;

·         Contribuintes Obrigados ao Preenchimento;

6 – DESTDA – DECLARAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E ANTECIPAÇÃO

·         Prazo de Entrega;

·         Contribuintes Obrigados;

·         Informações a Serem Prestadas;

·         Transmissão do Arquivo;

·         Certificação Digital;

7 – CODIFICAÇÃO DAS MERCADORIAS OU PRESTAÇÕES REGISTRADAS EM ECF

·         Convênio ICMS 25/2016 – Vigência a Partir de 01/06/2016

·         Número Global de Item Comercial – GTIN (Global Trade Item Number) do Sistema EAN.UCC

·         Código Especificador da Substituição Tributária – CEST

·         Prazo de Início da Obrigatoriedade de Preenchimento

·         Nomenclatura Comum do Mercosul/Sistema Harmonizado – NCM/SH;

8 – SPED FISCAL ICMS IPI

·         Bloco K

·         Alteração de leiaute para 2017

 

60

Clique aqui


CURSOS PRESENCIAIS REALIZADOS EM ANOS ANTERIORES NO CRCMG
CURSOS PRESENCIAIS REALIZADOS EM ANOS ANTERIORES NO CRCMG
Data Cidade Cursos Vagas Certificados

27/03/2014

Belo Horizonte - MG

SPED E-SOCIAL

50

Clique aqui

31/03/2014

Araxá - MG

SPED E-SOCIAL

50

Clique aqui

07/04/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE GERENCIAL/CUSTOS

50

Clique aqui

15/04/2014

Belo Horizonte - MG

INICIAÇÃO AO DIREITO TRIBUTÁRIO

50

Clique aqui

16/04/2014

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS, BALANÇO DRE, DMPL E DVA

50

Clique aqui

23/04/2014

Belo Horizonte - MG

NOÇÕES DE PROCESSO TRABALHISTA E O PAPEL DO PREPOSTO

50

Clique aqui

24/04/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DE TERCEIRO SETOR - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

29/04/2014

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇAO DE FLUXO DE CAIXA - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

06/05/2014

Belo Horizonte - MG

IRPJ - IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURIDICA: LUCRO REAL E PRESUMIDO

50

Clique aqui

07/05/2014

Belo Horizonte - MG

ICMS - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - Sub-tema: Casos Práticos

50

Clique aqui

12/05/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PÚBLICA - Sub-tema: Normas de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

13/05/2014

Belo Horizonte - MG

eSocial

50

Clique aqui

15/05/2014

Três Pontas - MG

SPED eSOCIAL

50

Clique aqui

20/05/2014

Belo Horizonte - MG

NBC ITG 2002 - Entidades sem Finalidade de Lucros - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

22/05/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE COMERCIAL

50

Clique aqui

23/05/2014

Belo Horizonte - MG

NBC ITG 1000 - Sub-tema: Modelo Contábil para Micro e Pequenas Empresas - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

26/05/2014

Belo Horizonte - MG

NBC’s DO SETOR PÚBLICO - Sub-tema: O PCASP e os Procedimentos Contábeis Orçamentário e de Controle

50

Clique aqui

27/05/2014

Belo Horizonte - MG

SPED CONTRIBUIÇÕES ( PIS/COFINS )

50

Clique aqui

28/05/2014

Belo Horizonte - MG

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS

50

Clique aqui

30/05/2014

Belo Horizonte - MG

NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE/IFRS - Sub-tema: Receita e Provisões - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

06/06/2014

Belo Horizonte - MG

GESTÃO DE EMPRESAS CONTÁBEIS

50

Clique aqui

11/06/2014

Belo Horizonte - MG

MATEMÁTICA FINANCEIRA

50

Clique aqui

27/06/2014

Belo Horizonte - MG

SPED FISCAL ( ICMS )

50

Clique aqui

24/07/2014

Belo Horizonte - MG

NBC's PARA MICROEMPRESAS - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

25/07/2014

Belo Horizonte - MG

ICMS - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA - Sub-tema: Casos Práticos

50

Clique aqui

30/07/2014

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA APLICADA À CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

31/07/2014

Belo Horizonte - MG

CÁLCULO E CONTABILIZAÇÃO DE AJUSTES DE RECEBÍVEIS E EXIGÍVEIS A VALOR PRESENTE - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

04/08/2014

Belo Horizonte - MG

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO - Sub-tema: Principais Possibilidades - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

06/08/2014

Belo Horizonte - MG

PERÍCIA CONTÁBIL, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM - Sub-tema: Noções de Perícia

50

Clique aqui

11/08/2014

Belo Horizonte - MG

SPED - TRIBUTOS E OBRIGAÇÕES MUNICIPAIS

50

Clique aqui

13/08/2014

Belo Horizonte - MG

SPED CONTÁBIL

50

Clique aqui

18/08/2014

Belo Horizonte - MG

GOVERNANÇA CORPORATIVA - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

28/08/2014

Belo Horizonte - MG

RELATÓRIOS GERENCIAIS - Sub-tema: Indicadores, Custos e Orçamentos

50

Clique aqui

29/08/2014

Belo Horizonte - MG

IMPAIRMENT - Sub-tema: Mensuração do Valor Recuperável de Ativos - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

01/09/2014

Belo Horizonte - MG

NANUQUE - SPED FISCAL ( ICMS )

50

Clique aqui

05/09/2014

Belo Horizonte - MG

AUDITORIA CONTÁBIL INTERNA E EXTERNA - Sub-tema: Emissão de Pareceres e Relatórios - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

50

Clique aqui

18/09/2014

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL - Sub-tema: Código Tributário Nacional INSTRUTOR: ANTONIO SACCA

50

Clique aqui

23/09/2014

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO SOCIETARIA APLICADA À CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS - CURSO  QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: WESLLEY JACKSON

50

Clique aqui

25/09/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE FISCAL - Sub-tema: Obrigações Tributárias Principal e Acessórias INSTRUTOR: ANTONIO SACCA

50

Clique aqui

07/10/2014

Belo Horizonte - MG

NBC´S PARA MICROEMPRESA - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: MARCIA ATHAYDE

50

Clique aqui

16/10/2014

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA - CURSO  QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: PATRICIA TELES

50

Clique aqui

23/10/2014

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS, BALANÇO, DRE, DMPL E DVA  (CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS) INSTRUTOR: ADILSON TORRES 

50

Clique aqui

04/11/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PUBLICA: SUBTEMA: NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PUBLICO - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: MOACYR DA CRUZ

50

Clique aqui

12/11/2014

Belo Horizonte - MG

NBC ITG 1000 - MODELO CONTABIL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: ALEXANDRE QUEIROZ - Inscrições Encerradas.

50

Clique aqui

19/11/2014

Belo Horizonte - MG

GOVERNANÇA CORPORATIVA - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: ALEXANDRE QUEIROZ - Inscrições Encerradas.

50

Clique aqui

02/12/2014

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR - CURSO  QUE PONTUA  PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: ANTONIO SACCA - Inscrições Encerradas. 

50

Clique aqui

03/12/2014

Belo Horizonte - MG

IMPAIRMENT  - MENSURAÇÃO DO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVOS - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: ALEXANDRE QUEIROZ  - Inscrições Encerradas. 

50

Clique aqui

09/12/2014

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS, BALANÇO, DRE, DMPL E DVA - CURSO QUE PONTUA PARA EPC  8 PONTOS)

INSTRUTOR: ANTONIO SACCA - Inscrições Encerradas.

50

Clique aqui

10/12/2014

Belo Horizonte - MG

AUDITORIA CONTABIL INTERNA E EXTERNA: SUBTEMA: EMISSÃO DE PARECERES E RELATÓRIOS - CURSO QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: ALEXANDRE QUEIROZ - Inscrições Encerradas.

50

Clique aqui

12/12/2014

Belo Horizonte - MG

NBC ITG 2002 - ENTIDADES SEM FINALIDADE DE LUCRO - QUE PONTUA PARA EPC (8 PONTOS)

INSTRUTOR: ANTONIO SACCA - Inscrições Encerradas. 

50

Clique aqui

03/03/2015

Belo Horizonte - MG

NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE PUBLICA ( PONTUA PARA EPC )

50

Clique aqui

17/03/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL: LEI 12.973/2014  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

20/03/2015

Belo Horizonte - MG

NOÇÕES BÁSICAS DE PERICIA JUDICIAL CIVEL  

50

Clique aqui

27/03/2015

Belo Horizonte - MG

SPED eSOCIAL: RETENÇÕES ( INSS E IR )  

50

Clique aqui

30/03/2015

Belo Horizonte - MG

SPED eSOCIAL:AUDITORIA TRABALHISTA COM VISÃO NO eSOCIAL  

50

Clique aqui

01/04/2015

Belo Horizonte - MG

IRPJ: APURAÇÃO DOS TRIBUTOS PELO LUCRO REAL  ( PONTUA PARA EPC )

50

Clique aqui

15/04/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTABIL: FLUXO DE CAIXA E ORÇAMENTO 

50

Clique aqui

22/04/2015

Belo Horizonte - MG

IRPJ: APURAÇÃO DOS TRIBUTOS PELO LUCRO PRESUMIDO - CONCEITO E PRATICA  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

23/04/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL: LEI 12.973/2014  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

28/04/2015

Belo Horizonte - MG

IRPJ: APURAÇÃO DOS TRIBUTOS PELO SIMPLES NACIONAL - CONCEITO E PRATICA   ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

06/05/2015

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA    ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

08/05/2015

Belo Horizonte - MG

 eSOCIAL 

50

Clique aqui

11/05/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL: LEI 12.973/2014   ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

15/05/2015

Conselheiro Lafaiete - MG

NBC ITG 1000 ( PONTUA PARA EPC )

50

Clique aqui

19/05/2015

Belo Horizonte - MG

IMPAIRMENT  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

50

Clique aqui

02/06/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR: PROCEDIMENTOS DE CONTABILIZAÇÃO E ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÃO CONTABEIS – CONCEITO E PRATICA ( PONTUA PARA EPC ) VAGAS ESGOTADAS

50

Clique aqui

09/06/2015

Belo Horizonte - MG

SPED - TRIBUTOS E OBRIGAÇÕES MUNICIPAIS: NOTA FISCAL ELETRONICA

50

Clique aqui

11/06/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DO 3º SETOR ( PONTUA PARA EPC ) VAGAS ESGOTADAS

63

Clique aqui

12/06/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DO 3º SETOR ( PONTUA PARA EPC ) VAGAS ESGOTADAS (este curso será realizado em 11/06/2015)

60

Clique aqui

16/06/2015

Belo Horizonte - MG

NBC'S PARA MICROEMPRESAS   ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

26/06/2015

São Lourenço - MG

CURSO SPED CONTÁBIL: ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

60

Clique aqui

29/06/2015

Belo Horizonte - MG

PRATICA DE LAUDO PERICIAL CONTABIL - ESTUDO DE CASO

60

Clique aqui

30/06/2015

Belo Horizonte - MG

ICMS - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA: CASOS PRATICOS

60

Clique aqui

01/07/2015

Belo Horizonte - MG

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO: LIDER COACH: COMO CONQUISTAR RESULTADOS EXTRAORDINÁRIOS

60

Clique aqui

03/07/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTRIBUIÇÕES: RETENÇÕES( IR, PIS, COFINS E CSLL )

60

Clique aqui

08/07/2015

Belo Horizonte - MG

ITG 1000 MODELO CONTABIL SIMPLIFICADO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS : PROCEDIMENTOS DE ESCRITURAÇÃO CONTABIL E ELABORAÇÃO DE DEMONSRAÇÕES CONTABEIS - CONCEITO E PRATICA  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

14/07/2015

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTABEIS, BALANÇO, DRE, DMPL E DVA: PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO DE BALANÇO - CONCEITO E PRATICA   ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

17/07/2015

Belo Horizonte - MG

NBC'S DO SETOR PUBLICO: NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE PUBLICA - NBCT - 16CFC   ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

29/07/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL: LEI 12.973/2014   ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

30/07/2015

Belo Horizonte - MG

SPED FISCAL ( ICMS ): CUSTOS INDUSTRIAIS E BLOCO K

60

Clique aqui

05/08/2015

Belo Horizonte - MG

NBC / IFRS: IAS 18 RECONHECIMENTO DE RECEITA  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

17/08/2015

Belo Horizonte - MG

DIREITO TRIBUTÁRIO: INICIAÇÃO AO DIREITO TRIBUTÁRIO

60

Clique aqui

20/08/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE GERENCIAL / CUSTOS: CONTABILIDADE DE CUSTOS  ( PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

31/08/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA APLICADA À CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS: RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIA - LEI 11.105/05

60

Clique aqui

01/09/2015

Belo Horizonte - MG

SPED eSOCIAL

60

Clique aqui

10/09/2015

Belo Horizonte - MG

ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA ( PONTUA PARA O EPC )  VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

11/09/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTÁBIL: ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

14/09/2015

Belo Horizonte - MG

SPED FISCAL: INTELIGÊNCIA FISCAL X AUDITORIA ELETRÔNICA VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

21/09/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTÁBIL: ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL. VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

24/09/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL: LEI 12.973/2014 ( PONTUA PARA O EPC ) VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

09/10/2015

Belo Horizonte - MG

SPED FISCAL: CUSTOS INDUSTRIAIS E BLOCO K   VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

13/10/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTÁBIL: ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL

60

Clique aqui

14/10/2015

Belo Horizonte - MG

ICMS - SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA: CASOS PRÁTICOS - VAGAS ESGOTADAS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA - CURSO PRÁTICO

60

Clique aqui

20/10/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA: TEMAS ATUAIS E JURISPRUDÊNCIA VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

22/10/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DO 3º SETOR ( PONTUA PARA O EPC ) VAGAS ESGOTADAS

60

Clique aqui

26/10/2015

Teófilo Otoni - MG

SPED FISCAL: INTELIGÊNCIA FISCAL X AUDITORIA ELETRÔNICA

60

Clique aqui

27/10/2015

Belo Horizonte - MG

CÁLCULO E CONTABILIZAÇÃO DE AJUSTES DE RECEBÍVEIS E EXIGÍVEIS A VALOR PRESENTE: PROCEDIMENTOS DE APURAÇÃO FISCAL - CONCEITO E PRÁTICA  ( CURSO PONTUA EPC 08 PONTOS )  OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

60

Clique aqui

28/10/2015

Belo Horizonte - MG

NBC'S DO SETOR PÚBLICO: DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO. ( CURSO PONTUA PARA EPC 08 PONTOS )

60

Clique aqui

29/10/2015

Belo Horizonte - MG

RELATÓRIOS GERENCIAIS: CONTROLE INTERNO ( ENFOQUE CONTÁBIL )  OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

60

Clique aqui

30/10/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE COMERCIAL: LANÇAMENTO E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS.

60

Clique aqui

04/11/2015

Belo Horizonte - MG

NBC ITG 2002: CONTABILIDADE PARA ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR -  ( PONTUA PARA O EPC  08 PONTOS )  OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

INSTRUTOR: ANTÔNIO SACCÁ

60

Clique aqui

05/11/2015

Belo Horizonte - MG

LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA: TERCEIRIZAÇÃO

INSTRUTOR: WESLLEY JACKSON GARCIA ALVES

60

Clique aqui

06/11/2015

Belo Horizonte - MG

NBC'S DO SETOR PÚBLICO: DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO ( CURSO PONTUA EPC 08 PONTOS   OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

INSTRUTOR: NILTON DE AQUINO DE ANDRADE

Conteúdo Programático

*  Estudo e discussão sobre os detalhes das Demonstrações contábeis aplicadas ao Setor Público, dando ênfase à aplicação das NBCTs, Instruções de Procedimentos Contábeis da Secretaria do Tesouro Nacional (IPC) e instruções do Manual de Contabilidade aplicado ao setor público (MCASP), especificamente:
- NBC T 16.6 - Demonstrações Contábeis;
- NBC T 16.7 - Consolidação das Demonstrações Contábeis;
- IPC 04 - Metodologia para elaboração do Balanço Patrimonial;
- IPC 05 - Metodologia para elaboração da Demonstração das Variações Patrimoniais;
- IPC 06 - Metodologia para elaboração do Balanço Financeiro;
- IPC 08 - Metodologia para elaboração da Demonstração dos Fluxos de Caixa;
- Destaque de alterações em relação ao exigido anteriormente pela Lei 4.320/64;
- Destaque para instruções mais recentes da STN;
- Notas Explicativas.
 

60

Clique aqui

09/11/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTÁBIL: ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

Conteúdo Programático

ECF - ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL
- Universo de Aplicação
- Pessoas Obrigadas 
- Periodicidade de Apresentação
- Apresentação em Situações Especiais
- Eliminação de Obrigações Acessórias - Lalur e DIPJ
- Similaridade com o FCONT
- SCP Sociedade em Conta de Participação - Forma de apresentação
- Cruzamento dos dados com o SPED Contábil
- Adequação contábil e tributária em 2014 para atendimento a nova exigência
- RTT (Regime Tributário Transitório)
- Penalidades
 
LAYOUT (2014)
- Dados Técnicos para Geração do Arquivo 
- Regras Gerais para Preenchimento
- Estrutura do Arquivo - Blocos e Registros
* Bloco 0 - Abertura e Identificação - Identificação SCP e Signatários
* Bloco C - Informações Recuperadas das ECD - Plano de Contas, Centro de Custos, Saldos de Contas 
* Bloco E - Informações Recuperadas da ECF Anterior e Calculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD - Saldo de Contas do Lalur, mapeamento de contas 
* Bloco J - Plano de Contas e Mapeamento - Plano de contas contábil, plano de contas referencial, centros de custos.
* Bloco K - Saldos das Contas Contábeis e Referenciais 
* Bloco L - Lucro Real (balanço patrimonial, a demonstração do resultado do exercício e s ajustes do RTT, caso existam) - Balanço Patrimonial, Método de Avaliação do Estoque, Informação Composição do Custo, Lucro Fiscal
* Bloco M - e-LALUR (IR) e e-LACS (CSLL) - Parte A e B do Lalur, Identificação Lançamento Contábil, Dados de processo judiciais e administrativos, 
 

60

Clique aqui

10/11/2015

Belo Horizonte - MG

SPED CONTÁBIL: FORMAS DE TRIBUTOS ( LUCRO REAL E LUCRO PRESUMIDO ) OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

Conteúdo Programático

Apresentação 
1 NOVO TRATAMENTO TRIBUTÁRIO  - LEI 12.973/14, IN 1397/2013,  IN 1422/2013, IN 1499/2014 e 1515/2014 
 Alterações contábeis para o IRPJ e CLL
Arrendamento mercantil (leasing), Depreciação, amortização e intangível
Nova definição de Receita Bruta, Ajuste a Valor Presente, Valor recuperável de ativos (impairment), Ajuste a Valor Justo e demais definições.
 
2 LUCRO PRESUMIDO
Conceito
Pessoas jurídicas obrigadas a este regime
Lucro arbitrado
 Alíquotas de Presunção do IRPJ E CSLL
PIS/COFINS para fins de Lucro Presumido
Deduções/Exclusões e COFINS no regime cumulativo 
Cálculo do imposto de renda pessoa jurídica no lucro presumido 
Cálculo da contribuição social no lucro presumido
Escrituração Contábil Fiscal - ECF 
 
3 APURAÇÃO LUCRO REAL TRIMESTRAL E ANUAL
Conceito
Pessoas jurídicas obrigadas a este regime 
PIS e COFINS NÃO CUMULATIVO
 Créditos de PIS e COFINS
Exclusões e deduções da base de cálculo 
Cálculo do imposto de renda pessoa jurídica e contribuição social no lucro real
Cálculo da contribuição social no lucro real
Cálculo do imposto de renda pessoa jurídica no lucro real
Escrituração Contábil Fiscal - ECF - e-Lalur e  e-Lacs
 
4 ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL - ECF
Instituição- empresas obrigadas
Prazo de entrega
Penalidades pela não apresentação
 

60

Clique aqui

11/11/2015

Belo Horizonte - MG

NBC'S  NORMAS PUBLICADAS PELO CFC: ELABORAÇÃO DE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS (CURSO PONTUA EPC 08 PONTOS ).  OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

INSTRUTOR: ANTÔNIO SACCÁ

Conteúdo Programático

1-Introdução:
A evolução histórica da Contabilidade no Brasil precisa ser contatada considerando duas questões muito importantes:
a) Educação na área contábil.
b) Forte influência da legislação fiscal e à regulamentação por organismos governamentais.
2- Construção do processo de convergência das Normas Brasileiras de Contabilidade aos padrões Internacionais.
3- Adequações das Normas Brasileiras de Contabilidade.
3.1- Resumo da nova estrutura das Normas Brasileiras de Contabilidade.
3.2- Fiscalização do exercício da profissão Contabil.
4- Observância aos Princípios contábeis.
4.1- Resolução CFC nº 750, de 29-12-93, que dispõe sobre os Princípios de Contabilidade (PC). 
5- Aplicabilidade das Normas Brasileiras de Contabilidade.
5.1- RESOLUÇÃO CFC N.º 1.121 de 28 de março de 2008 - Alterada pela RESOLUÇÃO CFC Nº 1.374 de 16 de  dezembro de 2011  - Dá nova redação à NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL - Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro. 
5.2- RESOLUÇÃO CFC Nº 1.185 de 28 de setembro de 2009 - Consolidada pela RESOLUÇÃO CFC Nº 1.376 de 08 de dezembro de 2011 - Consolidada a NBC TG 26 (R1) - Apresentação das Demonstrações Contabeis.   
5.3- A RESOLUÇÃO CFC Nº 1.330 de 18 de março de 2011 - Aprova a ITG 2000 - Escrituração Contábil.
5.4- A RESOLUÇÃO CFC Nº 1.255 de 17 de dezembro de 2009 - Aprova a NBC TG 1000 - Contabilidade para as Pequenas e Medias Empresas.
5.5- A RESOLUÇÃO CFC Nº 1.418 de 05 de dezembro de 2012 - Aprova a NBC ITG (Interpretação Técnica Geral) 1000 - Modelo Contábil para Microempresa e Empresa de Pequeno Porte. 
5.6- Normas Gerais.
 

60

Clique aqui

12/11/2015

Belo Horizonte - MG

DIREITO TRIBUTÁRIO: RESTITUIÇÃO, COMPENSAÇÃO E RESSARCIMENTO DOS TRIBUTOS.

INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

Conteúdo Programático

* Princípios constitucionais;
 * Prescrição e decadência;
 * Recuperação Tributária:
- Compensação, restituição e ressarcimento
- Transferência de créditos tributários
- Reconhecimento, apropriação e recuperação de créditos - ICMS, IPI, PIS e COFINS,
- Créditos extemporâneos
 * Restituição de tributos administrados pela SRF
 * Restituição de créditos não administrados pela Receita Federal
 * Ressarcimento de créditos tributários de IPI, PIS e Cofins
 * Compensação Tributária perante a SRF
 * Compensação de ofício
 * PERDComp - Como apresentar a declaração
 * Prazos para recuperação - análise das teses de prescrição
 * Restituição de Tributos no âmbito Estadual
 * Restituição na substituição tributária
 * Atualização dos Crédito Tributários
 

60

Clique aqui

16/11/2015

Belo Horizonte - MG

ICMS - ESPECIALIZAÇÃO NO REGULAMENTO DE ICMS 

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

Conteúdo Programático

1. Constituição Federal de 1988 - Art. 155, II e seus §§ 2º a 5º
2. Lei Complementar 87/96 
3. Código Tributário Nacional
4. RICMS/MG
5. Jurisprudências
6. Decisões administrativas
 

60

Clique aqui

17/11/2015

Belo Horizonte - MG

MARKETING PESSOAL: GESTÃO DA CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL.

INSTRUTORA: ANDRÉA  LÚCIA DE AGUIAR MENDES

Conteúdo Programático

GESTÃO DE CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL
* O processo do autoconhecimento como diferencial competitivo
* Identificação das inclinações, competências e valores individuais
* A carreira na contemporaneidade: desafios aos profissionais na era da informação e do conhecimento
* Âncoras de Carreira
* Coaching no desenvolvimento e gerenciamento de carreira do indivíduo: consciência, responsabilidade e escolha conjugadas ao desempenho, aprendizado e prazer
* Estratégia de carreira - encadeamento de estados desejados
* Plano de ação individual: construindo a crença da autogestão

60

Clique aqui

18/11/2015

Belo Horizonte - MG

CONTABILIDADE FISCAL  OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATÓRIO

INSTRUTOR: ANTÔNIO SACCÁ

VAGAS ESGOTADAS

Conteúdo Programático

1- Pela apuração dos tributos federais, através do Lucro Real, Presumido, Arbitrado e Simples Nacional:
1.1-Reflexo fiscal e contábil pela adoção do regime de caixa;
1.2-Adequação fiscal as mudanças de praticas contábeis;
1.3-Reflexo fiscal e contábil proveniente da Lei 12.973/2014 e IN 1515/2014; 1556/2015 E 1575/2015.
1.4-Registro e controle fiscal das diferenças temporárias (Adições e Exclusões) e respectivo registro contábil; 
1.5-Registro e controle dos ativos e passivos diferidos em decorrência da escrituração fiscal.
 

60

Clique aqui

19/11/2015

Belo Horizonte - MG

SPED FISCAL: CUSTOS INDUSTRIAIS E BLOCO K

INSTRUTOR: RUBENS HELENO DE OLIVEIRA

Conteúdo Programático

1. CUSTOS INDUSTRIAIS 
- objetivos
- Formação de Custos
- Conceitos (Gastos, Custos, Despesas e Investimentos)
- Custo do Produto e sua Formação (Material, Mão de Obra e Gastos gerais de fabricação)
- Sistemas de Custeio
-Controle da Produção
-Controle de Estoque (PEPS, UEPS e Médio concomitante com IRPJ)
 
02. SPED/FISCAL
- objetivos
- quadro informativo das implantações
- Ato Cotepe n.09/08 - manual atualizado
- legislação, obrigatoriedade, protocolos ICMS Confaz
- detalhes a serem observados
 
03. Livro registro de controle da produção e do estoque - bloco K 
- conceito
- obrigatoriedade
- periodicidade de informações
- detalhamento dos blocos de informações
- registros que compõem e relaciona com o bloco K:
- registro 0150 - cadastro de participantes
- registro 0190 - unidade medida
- registro 0220 - conversão de unidade de medida
- registro 0200 - cadastro dos itens
- registro 0210 - consumo específico padronizado
- registro K001 - abertura do bloco K
- registro K100 - período de apuração 
- registro K200 - estoque escriturado
- registro K220 - outras movimentações internas entre mercadorias
- registro K230 - itens produzidos
- registro K235 - insumos consumidos
- registro K250 - industrialização efetuada por terceiros - itens produzidos
- registro K255 - industrialização em terceiros - insumos consumidos
- registro K990 - encerramento do bloco K
 
04. Orientações e Debates
 

60

Clique aqui

20/11/2015

Belo Horizonte - MG

SPED eSOCIAL

INSTRUTOR: RUBENS HELENO DE OLIVEIRA

VAGAS ESGOTADAS

Conteúdo Programático

1. Do sistema eSocial 
- introdução 
- objetivos do sistema e as regras gerais para sua implantação 
- características técnicas do sistema
- classificação dos tipos de arquivos e informações em eventos iniciais, tabelas, periódicos e não periódicos
- etapas de implantação (início, ambientes e transmissão)
- obrigações acessórias que serão substituídas e simplificadas (registro de empregados; CAGED; RAIS; folha de pagamentos; GFIP; DIRF; CAT e PPP)
 
02. Das informações - visão geral do sistema
- fluxo das informações - considerações gerais
- eventos cadastrais: cadastro do contribuinte/rubricas/cargo/função/ lotação/cadastramento inicial e outros
- eventos trabalhistas, folha de pagamento e orientações
- rotinas gerais
- forma de transmissão
03. eSocial X folha de pagamento
- proposta do novo formato da folha de pagamento 
- estudo da tabela de rubricas da folha de pagamento - classificação da natureza salarial ou indenizatória das verbas trabalhistas
- vinculação de tabelas a tabela de incidências da empresa e a tabela de incidência e classificação tributária  padrão do eSocial 
- padronização das rubricas
- análise das verbas discutidas judicialmente
 
04. eSocial X eventos trabalhistas
- cadastramento inicial do vínculo
- admissão de empregados e estagiários, férias e aviso prévio
- alteração de dados cadastrais e contratuais
- estabilidades legais e convencionais
- funções e atribuições do cargo
- Atestados de Saúde Ocupacional (ASO)
- movimentações temporárias e definitivas: acidente do trabalho, doença, aposentadoria por invalidez, salário maternidade, rescisões de contrato de trabalho entre outras
- outros eventos trabalhistas
 
05. eSocial X obrigações previdenciárias
- criação do Perfil Profissiográfico Previdenciário - PPP Eletrônico 
- informações sobre aposentadoria especial e agentes nocivos
- Comunicação do Acidente de Trabalho (CAT)
- matrícula CEI de obra de construção civil e de empregador pessoa física
 
06. eSocial X tabelas
- Inclusão de novas tabelas 
- Alteração de Tabelas
- Exclusão de Tabelas
- Análise e parametrização das tabelas condicionadas ao esocial
 
07. Demais bases de cálculo de contribuição previdenciária
- comercialização de produção rural
- valores pagos a cooperativa de trabalho
 
08. eSocial x reclamatórias trabalhistas
 
09. esocial - Informações  da Contribuição Sindical patronal
 
10. DCTF - previdenciária - considerações gerais
 
11. Expectativas e vigência
 

60

Clique aqui

23/11/2015

Belo Horizonte - MG

DIREITO TRIBUTÁRIO: REGIMES TRIBUTÁRIOS FEDERAIS.

INSTRUTOR: EVARLEY PEREIRA DOS SANTOS

Conteúdo Programático

* Passos a serem seguidos para a escolha tributária
* A busca da vantagem tributária entre os sistemas
* Adequação organizacional para o no sistema tributário da empresa
* A Burocracia tributária de cada sistema tributário
 * Comparação de penalidades e riscos em cada regime tributário 
* Sistema Tributário Nacional;
 * Tributação Federal: Incidência, Base de Cálculo, Alíquotas, Contribuintes, Regimes de Apuração, Hipóteses de Retenção, Créditos, Situações não Tributadas dos seguintes tributos e contribuições:
- IRPJ - Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas - Lucro Real, Presumido e Arbitrado;
- CSLL - Contribuição Social s/ Lucro Líquido;
- COFINS - Contribuição para Financiamento da Seguridade Social - Cumulativo e Não Cumulativo;
- PIS - Programa de Integração Social - Cumulativo e Não Cumulativo;
- SIMPLES NACIONAL

60

Clique aqui

02/02/2016

Belo Horizonte - MG

AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

 

VAGAS ESGOTADAS ESGOTADAS

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

As Novas Regras do ICMS:

 

E-COMMERCE, VENDAS PELA INTERNET, VENDAS INTERESTADUAIS PARA CONSUMIDOR FINAL, EC 87/2015. VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA AS MUDANÇAS? Terá ou não repercussão no custo do produto? Como gerar as informações NFe?

 

Cronograma do Curso: As Novas Regras do ICMS

 

- EC 87/2015 – Diferença de aliquota

- Alterações de alíquotas internas do ICMS/MG (Decreto 46.859 de 01/10/2015);

- Convênio ICMS 92/15 – CEST;

- Ajuste SINIEF 11 de 04/12/2015;

- Decreto 46.859 de 01/10/2015, Decreto 46.927 de 29/12/15 e outros

- Crimes contra a Ordem Tributária – Lei 8.137/90;

60

Clique aqui

04/02/2016

Belo Horizonte - MG

AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS

 

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

 

VAGAS ESGOTADAS ESGOTADAS

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

As Novas Regras do ICMS:

 

E-COMMERCE, VENDAS PELA INTERNET, VENDAS INTERESTADUAIS PARA CONSUMIDOR FINAL, EC 87/2015. VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA AS MUDANÇAS? Terá ou não repercussão no custo do produto? Como gerar as informações NFe?

 

Cronograma do Curso: As Novas Regras do ICMS

 

- EC 87/2015 – Diferença de aliquota

 

- Alterações de alíquotas internas do ICMS/MG (Decreto 46.859 de 01/10/2015);

 

- Convênio ICMS 92/15 – CEST;

 

- Ajuste SINIEF 11 de 04/12/2015;

 

- Decreto 46.859 de 01/10/2015, Decreto 46.927 de 29/12/15 e outros

 

- Crimes contra a Ordem Tributária – Lei 8.137/90;

60

Clique aqui

24/02/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS

INSTRUTOR: CRHISTIANE FERRAZ DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

VAGAS ESGOTADAS

Clique aqui para baixar a apostila

90

Clique aqui

01/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS

INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

VAGAS ESGOTADAS

Clique aqui para baixar a apostila

 

90

Clique aqui

03/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO ATUALIZAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA

INSTRUTOR: MAURICIO FERRARESI FARACE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

VAGAS ESGOTADAS

Clique aqui para baixar a apostila

60

Clique aqui

03/03/2016

São Lourenço - MG

CURSO AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS

INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

VAGAS ESGOTADAS

Clique aqui para baixar a apostila

60

Clique aqui

16/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ROTINAS DO DEPARTAMENTO PESSOAL

INSTRUTOR: KEYLA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA O EPC

Clique aqui para baixar a apostila

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

Conteúdo Programático

 

1 - Admissão de Empregado; documentação exigida; exame médicos; cuidados com o cumprimento da devolução da documentação.

2 - Registro de Empregado e modalidades.

3 - PIS/PASEP: Cadastro, abonos e rendimentos.

4 - Vale Transporte e cálculos.

5 - CAGED: conceito e importância.

6 - RAIS: conceito e importância.

7 - Contrato de Trabalho e suas modalidades: Vigência de Contrato; Jornada de Trabalho; Prorrogação e Compensação da Jornada; Intervalo para Repouso e Alimentação; Repouso Semanal Remunerado.

8 - Folha de Pagamento: Adicional de Insalubridade e Periculosidade; Trabalho Noturno; Horas Suplementares e descontos.

9 - Férias: Períodos, cálculos, médias e prazos de pagamento.

10 - Gratificação Natalina: Cálculos, médias e prazos de pagamento.

11 - Contribuição Sindical: Categorias, obrigatoriedade e prazos.

12 - Afixação obrigatória de Documentos e Prazos de Guarda.

13 - Encargos Sociais: Previdência Social; Imposto de Renda e FGTS.

14 - Desligamento de Empregado: Modalidades de Rescisão; Exame Médico; Aviso-Prévio; Homologação; Seguro-Desemprego e Prazo de Pagamento de Rescisão Contratual.

60

Clique aqui

17/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS DE CUSTOS NAS EMPRESAS: ENFOQUE NO BLOCO K, ECF E NORMAS CONTÁBEIS

INSTRUTOR: ADILSON TORRES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA  SOMENTE PARA PREPARADORES

Clique aqui para baixar a apostila

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

Conteúdo Programático

1. Básico de Contabilidade de Custos   
- Conceitos de contabilidade de custos   - Classificação dos custos e despesas   - Custos diretos e indiretos   - Perdas   - Sucatas   - Composição do custo de aquisição   - Métodos de alocação dos custos indiretos aos produtos   - Alocação por centro de custos   - Critérios de rateios   - Custeio por absorção   - Método de custo departamentalizado
  
2. Cadastro e Ficha Técnica do Estoque  
- Introdução a Gestão e Controle do Estoque  
- Classificação da Destinação do Produto  
- Conversão de Unidade de Medida
- Ficha Técnica: composição do produto X (NCM)  
- Análise e informações de perdas   
- Insumos interdependentes  
- Correlação do Bloco H, Apuração do IRPJ – com o Bloco K estoque físico.  
 
3. Bloco K: Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque  
-  Legislação aplicável  
- Conceito, Obrigatoriedade e  Periodicidade de informações   
- Conteúdo solicitado pela legislação  
 
4. Análise dos Blocos que compõe o Bloco K  
a) Estoques – Bloco K200  
- Composição por período de apuração do ICMS ou IPI  
- Tipos de materiais informados   
- Indicação da posse do material  
b) Outras Movimentações – Bloco K220  
- A Importância deste Registro  
- Reclassificação de código  
- Ganho na produção;  
c) Consumo real da produção – Bloco K230/K235  
- Detalhamento dos insumos consumidos.  
- Ordem de Produção
d) Industrialização - Bloco K250/K255  
- Industrialização em  terceiros  
- Notas Fiscais de remessas.  
e) Possíveis cruzamentos pela Receita Federal  
- Ficha técnica do Produto X Consumo Efetivo  
- Diferença de estoque  
- PVA.

60

Clique aqui

18/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS

INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA O EPC

Clique aqui para baixar a apostila

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

VAGAS ESGOTADAS

Conteúdo Programático

 

As Novas Regras do ICMS:

E-COMMERCE, VENDAS PELA INTERNET, VENDAS INTERESTADUAIS PARA CONSUMIDOR FINAL, EC 87/2015. VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA AS MUDANÇAS? Terá ou não repercussão no custo do produto? Como gerar as informações NFe?

Cronograma do Curso: As Novas Regras do ICMS

- EC 87/2015 – Diferença de aliquota

- Alterações de alíquotas internas do ICMS/MG (Decreto 46.859 de 01/10/2015);

- Convênio ICMS 92/15 – CEST;

- Ajuste SINIEF 11 de 04/12/2015;

- Decreto 46.859 de 01/10/2015, Decreto 46.927 de 29/12/15 e outros

- Crimes contra a Ordem Tributária – Lei 8.137/90;

 

 

 

60

Clique aqui

21/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ATUALIZAÇÃO FEDERAL 2016, LUCRO REAL, PRESUMIDO E SIMPLES - REGRAS 2016

INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA O EPC

Clique aqui para baixar a apostila

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

VAGAS ESGOTADAS

Conteúdo Programático

 

I. INTRODUÇÃO

II. CONTEXTUALIZAÇÃO LEGAL DAS ALTERAÇÕES EM ÂMBITO FEDERAL

III. OBJETIVOS E AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DAS LEIS N° 11.638/2007 E 12.973/2014

IV. SPED-ECD / ECF E FCONT

IV.1. Objetivos e Finalidade

IV.2. Obrigatoriedade

IV.3. Prazo de Entrega

V. IRPJ/CSLL – LUCRO REAL

V.1. Pessoas Jurídicas Obrigadas

V.2. Momento da Opção

V.3. Síntese da Apuração

V.3.1. Anual (Estimativa Mensal e Suspensão e Redução)

V.3.1. Trimestral

V.4. Pagamento

V.5. Importantes Adições e Exclusões (Foco na IN RFB 1.515/2014)

V.5.1. Ganhos ou Perdas decorrentes de AVJ de Ativos e Passivos

V.5.2. Lucros e Dividendos

V.5.3. Juros sobre Capital Próprio

V.5.4. Subvenções Governamentais

V.5.5. Arrendamento Mercantil

V.5.6. Perdas no Recebimento de Créditos

V.5.7. Variação Cambial

V.6. Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

V.7. Compensação do Prejuízo Fiscal e da Base Negativa CSLL.

V.8. Deduções Legais

V.9. Penalidades

VI. IRPJ/CSLL – LUCRO PRESUMIDO

VI.1. Pessoas Jurídicas que podem Optar

VI.2. Síntese da Apuração

VI.2.1. Competência

 VI.2.2. Caixa

VI.3. Impactos específicos da Lei 12.973/14 e IN 1.515/14

V.6. Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

VII. SIMPLES NACIONAL

VII.1. Pessoas Jurídicas que podem Optar

VII.2. Considerações sobre a apuração

VII.3. Novidades para 2016

VII.4. Obrigações Acessórias

 

 

60

Clique aqui

22/03/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO ATUALIZAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA

INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

Clique aqui para baixar a apostila

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

Conteúdo Programático

 Apresentação
1 Declaração – Novidades da DIRPF 2016
1.1 Pessoas obrigadas a apresentar a Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2016
1.1.1 e-Financeira – IN 1.571/2015
1.2 Pessoas dispensadas da apresentação da Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2016
1.3 Pessoas que podem ser declaradas como dependentes na Declaração do IRPF 2016
1.4 Declarante em conjunto
1.5 Pessoas consideradas residentes no Brasil para fins tributários
1.6 Prazo de Entrega residente que esteja no exterior
1.7 Modelos de Declaração
1.8 Prazo e locais de Entrega
1.9 Multa por atraso na entrega da declaração
1.10 Forma de Elaboração da Declaração
1.11 Declaração e Programas IRPF de Exercícios  Anteriores

 

2 DECLARAÇÃO – INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO

2.1 Como preencher corretamente a Declaração do IRPF evitando a ocorrência de pendências
2.2 Importação dos dados da Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2015
2.3 Importação da Declaração Pré-Preenchida do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física
2.4 Importação dos Comprovantes eletrônicos de Rendimentos e de Pagamentos de Serviços Médicos e de Saúde
2.5 Saldo de imposto a pagar ou imposto a restituir
2.6 Entrega da declaração à RFB

3 TRANSMISSÃO DA DECLARAÇÃO – ENTREGA
3.1 Obrigatoriedade da Entrega com certificado digital
3.2 Problemas na Entrega provocados por erros no preenchimento
3.3 Recibo de entrega da declaração
3.4 Arquivamento da declaração e do recibo
3.5 Entrega de declaração em atraso

4 RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO 
4.1 Mensagem SMS – aviso via celular
4.2 Alteração dos dados bancários para crédito da restituição 

5 RETIFICAÇÃO DA DECLARAÇÃO
5.1 Retificação utilizando o programa do IRPF
5.2 Retificação online

6 SITUAÇÕES INDIVIDUAIS
6.1 Contribuinte Casado
6.2 Contribuinte que Tenha Companheiro
6.3 Contribuinte Separado de Fato
6.4 Contribuinte Separado Judicialmente, Divorciado, que Tenha Dissolvido União Estável ou Separado ou Divorciado por Escritura Pública
6.5 Contribuinte Viúvo
6.6 Contribuinte Menor
6.7 Contribuinte Menor Emancipado
6.8 Contribuinte Incapaz
6.9 Declaração do Espólio
6.9.1    Declaração Inicial
6.9.2    Declarações Intermediárias
6.9.3    Declaração Final

7 SITUAÇÕES ESPECIAIS
7.1 Contribuinte Ausente no Exterior a Serviço do Brasil
7.2 Contribuinte Ausente no Exterior Exceto a Serviço do Brasil
7.3 Contribuinte que Adquiriu ou Readquiriu a Condição de Residente
7.4 Contribuinte que adquiriu ou readquiriu a condição de residente no Brasil
7.5 Rendimentos Recebidos de Representações Diplomáticas e de Organismos Internacionais Localizados no Brasil
7.6 Conversão em Reais dos Rendimentos ou Pagamentos em Moeda Estrangeira

8 RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS NA DECLARAÇÃO
8.1 Rendimentos do Trabalho
8.2 Rendimentos de Aluguéis
8.3 Rendimentos de Pensão Alimentícia
8.4 Resultado Tributável da Atividade Rural
8.5 Rendimentos Recebidos Acumuladamente
8.6 Outros Rendimentos

9 ALGUMAS FICHAS DA DECLARAÇÃO
9.1 Rendimentos Isentos e Não Tributáveis
9.2 Deduções - Livro Caixa
9.3 Carnê-Leão Pago
9.4 Rendimentos Tributáveis de Pessoa Jurídica Recebidos Acumuladamente pelo Titular.

10 PREENCHIMENTO DO DARF – Cód.0211

11 PAGAMENTO DO IMPOSTO
11.1 Pagamento - Débito automático
11.2 Conta bancária a ser utilizada para o débito

12 EXEMPLO DE CÁCULO DO IMPOSTO

60

Clique aqui

04/04/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED EFD E SPED FISCAL DE ICMS E IPI

INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

  • Legislação pertinente e o Cenário Tributário;
  • Obrigatoriedade – empresas obrigadas;
  • O que minha empresa terá que fazer;
  • Prazo para Implantação;
  • Padronização de procedimentos;
  • Eliminação de Obrigações Acessórias;
  • Livros abrangidos;
  • Arquivos digitais;
  • Certificado Digital - Assinatura digital;
  • Transmissão, validação e prazo de entrega;
  • Compartilhamento de informações;
  • Documentos Compartilhados;
  • Leiaute – Explanação geral do leiaute das informações a serem entregues e comentários sobre os principais registros do arquivo EFD;
  • Principais diferenças entre a estrutura dos registros do arquivo SINTEGRA em relação ao arquivo da EFD;
  • Como lançar no arquivo do SPED Fiscal os documentos fiscais;
  • Bloco 0 – Tabelas referenciais
  • Bloco C – Documentos Fiscais de Mercadorias
  • Bloco D – Documentos Fiscais de Serviços
  • Bloco E – Apuração do ICMS e IPI
  • Bloco G – CIAP
  • Bloco H – Inventário
  • Bloco K – Controle da Produção e do Estoque
  • Bloco 1 – Informações Adicionais
  • Procedimentos na escrituração:
    • Como organizar as tabelas referenciais;
    • Como registrar os documentos fiscais e seus dados complementares;
    • Como registrar a apuração dos tributos;
    • Como trabalhar os ajustes da apuração do ICMS;
    • Data e forma de apresentação do inventário;
    • Quais informações complementares serão geradas;
    • Como registrar o crédito de ICMS dos bens do ativo permanente
  • Novo PVA Fiscal - estrutura modificada;
  • Novos campos em registros já utilizados pelos contribuintes;
  • Como apurar o ICMS automaticamente pelo PVA Fiscal. 

60

Clique aqui

06/04/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED e SOCIAL

INSTRUTOR: EDMAR DA CUNHA SOARES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

Conteúdo Programático

Unidade 1 – Conceito Básico do SPED

Contextualização e atualização SPED- e_Social.

Projetos do SPED

Unidade 2 – Normas Técnicas e Profissionais de Contabilidade

Fundamentos da Contabilidade aplicada ao SPED-e Social, Norma aplicada à  escrituração da folha digital.

 

Unidade 3 – Objetivos e Alcance

 Conceitos e objetivos, avaliação da integridade de plataforma e arquivos digitais e estruturação digital  dos registros internos e Cópia de Segurança, Exportação de TXT e Arquivo Original da E – Social.

 

Unidade 4 – Introdução

Sinais da Era do Conhecimento

Brasil em direção à Era do Conhecimento

Identidade Digital.

 Mais Detalhes sobre a Certificação Digital

 

Unidade 5 – Aplicação em sistema de informações

Sistemas Integrados de Gestão (ERP)

Principais Dúvidas sobre e_Social

Detalhes sobre obrigações acessórias

Principais perguntas e respostas sobre SPED e_social

 

60

Clique aqui

08/04/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: NBC'S PARA MICROEMPRESAS

INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA EPC

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

Conteúdo Programático

ITG 1000

·         Finalidade

·         Alcance

·         Usuários e suas necessidades de informação

·         Observância aos Princípios Contábeis

·         Escrituração: regime de competência e continuidade

·         Critérios e procedimentos contábeis

·         Relatórios Gerenciais

·         Demonstrações contábeis

·         Plano de Conta simplificado

·         Anexo 1 – Carta de Responsabilidade da administração

·         Anexo 2 – Balanço Patrimonial

·         Anexo 3 – Demonstração do Resultado do Período

·         Prazos de guarda de documentos

·         Obrigações acessórias

·         Sped – considerações

·         Controles

 

60

Clique aqui

11/04/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED ECD

INSTRUTOR: FLÁVIO CANDIOTTO DE OLIVEIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

VAGAS ESGOTADAS

Conteúdo Programático

I - Sped Contábil - ECD - Escrituração Contábil Digital

 

  • Introdução
  • Como funciona o ECD - Passo a Passo
  • Livros Contábeis
  • Obrigatoriedade e dispensa da elaboração da ECD
  • Prazos para transmissão da ECD
  • Penalidade pelo atraso na entrega da ECD
  • Assinatura digital
  • Responsabilidades do Contador
  • Blocos da ECD
  • PVA – Programa Validador e Assinador

 

60

Clique aqui

18/04/2016

Conselheiro Lafaiete - MG

CURSO: AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

Conteúdo Programático

1) EC n° 87, 16/04/2015 - Diferencial de Alíquota

2) Decreto n° 46.930, 30/12/15 - Alteração do RICMS/MG

3) Decreto n° 46.927, 29/12/15 - Fundo de Combate a Pobreza 

4) Decreto n° 46.859, 01/10/15 - Majoração Alíquota Interna

5) Ajuste SINIEF 11, 04/12/15 - Gia On-Line

6) Resolução n° 4.855, 29/12/15 - Apuração ST sobre Estoques

7) Convênio ICMS n° 92, 20/08/15 - Uniformização da ST e do ICMS Antecipado

8) Decreto n° 46.931, 30/12/15 - Alteração do RICMS/MG

9) Convênio ICMS n° 149, 11/12/15 - Escala Industrial não Relevante

10) Lei n° 8.137/90 - Crimes Contra a Ordem Tributária

11) Fixação do Conteúdo 

 

60

Clique aqui

19/04/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ROTINAS DO DEPARTAMENTO PESSOAL

INSTRUTOR: JÚLIO CESAR DOS REIS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA EPC

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

Conteúdo Programático

        I.            Legislação trabalhista

      II.            Modelos de contratos de trabalho

    III.            Registro de empregados

    IV.            Controle de documentos obrigatórios

      V.            Parametrização dos proventos e descontos

    VI.            Parametrização da folha de pagamento (contábil)

  VII.            Cálculo da Folha mensal

VIII.            Eventos de férias, advertências e licenças

    IX.            Cálculos e Provisões de férias e 13º. Salário

      X.            Rotinas de desligamento

    XI.            Impostos e Contribuições

  XII.            Desoneração da folha de pagamento

XIII.            SPED - E-social

XIV            Obrigações acessórias obrigatórias.

60

Clique aqui

02/05/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ELABORAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DA LEGISLAÇÃO DO SPED ECD

INSTRUTOR: EDMAR DA CUNHA SOARES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

 

Conteúdo Programático

MODULO I - Conceitos Essenciais do SPED

·         Conceito

        I.            Obrigatoriedade

      II.            Periodicidade

    III.            Assinatura (Signatário).

    IV.            Guarda

      V.            Dispensa

    VI.            Penalidade

  VII.            Validação (PVA)

 

MODULO II - Estrutura de Arquivo

·         Informações

        I.            Composição da Informação

      II.            Campos de Preenchimento

    III.            Informações a serem prestadas

    IV.            Forma de apresentação

      V.            Plano de Conta Referencial

    VI.            Layout

  VII.            Registros Contábeis no PVA

 

MODULO III - Inconsistências encontradas no cruzamento da EFD com outras obrigações acessórias

·         Principais cruzamentos

                                I.            ECD X NFE

                              II.            ECD X EFD-ICMS/IPI

                            III.            ECD X DIPJ

                            IV.            ECD X EFD PIS/COFINS

 

80

Clique aqui

04/05/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ELABORAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DA LEGISLAÇÃO DO SPED ECF ANUAL

INSTRUTOR: FLÁVIO CANDIOTTO DE OLIVEIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

 O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Conteúdo Programático

  • Introdução – SPED
  • Início da ECF
  • Finalidade da ECF
  • Obrigatoriedade da ECF
  • Dispensa da ECF
  • Prazo de entrega
  • Assinatura
  • Penalidades
  • Blocos da ECF
  • PVA – Programa Validador e Assinador

80

Clique aqui

06/05/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1) EC n° 87, 16/04/2015 - Diferencial de Alíquota

2) Decreto n° 46.930, 30/12/15 - Alteração do RICMS/MG

3) Decreto n° 46.927, 29/12/15 - Fundo de Combate a Pobreza 

4) Decreto n° 46.859, 01/10/15 - Majoração Alíquota Interna

5) Ajuste SINIEF 11, 04/12/15 - Gia On-Line

6) Resolução n° 4.855, 29/12/15 - Apuração ST sobre Estoques

7) Convênio ICMS n° 92, 20/08/15 - Uniformização da ST e do ICMS Antecipado

8) Decreto n° 46.931, 30/12/15 - Alteração do RICMS/MG

9) Convênio ICMS n° 149, 11/12/15 - Escala Industrial não Relevante

10) Lei n° 8.137/90 - Crimes Contra a Ordem Tributária

11) Fixação do Conteúdo 

 

80

Clique aqui

09/05/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PARTIDOS POLITICOS
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1. Disposições Gerais

 Providências preliminares ao início da campanha - Estatutos partidários; Comitês financeiros; Recibos eleitorais; Registro no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica-CNPJ; Abertura de Contas bancárias.

 

2. Arrecadação de Recursos

Requisitos obrigatórios para a arrecadação; Período da arrecadação ; Dívidas de campanha ; Fontes de arrecadação; Fontes vedadas de arrecadação; Aplicação de recursos pelos partidos políticos; Doações; Comercialização de bens e serviços e promoção de eventos; Recursos de origem não identificada; Comprovação dos recursos arrecadados.

 

3. Aplicação de Recursos

Período de aplicação; Limite de gastos; Gastos eleitorais.

 

4. Prestação de Contas

Obrigatoriedade; Obrigatoriedade de constituir advogado; Obrigatoriedade de assinatura de contador; Prestações de contas parciais; Prazos;. Renúncia, desistência, substituição e indeferimento do registro; Falecimento;. Administração financeira; Contas dos comitês financeiros; Sistema de Prestação de Contas (SPCE); Peças integrantes da prestação de contas; Sobras de campanha; Entrega da prestação de contas; Impugnação da prestação de contas.

 

5. Análise e Julgamento das Contas

Diligências; Prestação de contas retificadora; Abertura de vista; Julgamento das contas.

 

6. Prestação de Informações pelos Diretórios Municipais

 Prazos; Apresentação das informações;. Aplicação de recursos; Análise das informações.

 

7. Fiscalização

Guarda da documentação comprobatória; Acompanhamento;. Informações sobre doações e gastos de campanha;. Órgãos e entidades da administração pública; Dos processos de prestações de contas; Representações (posse).

 

 

80

Clique aqui

15/06/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED ECF - ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL 
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

 

INCRIÇÕES ESGOTADAS

Conteúdo Programático

Apresentação

1 ECF-Escrituração Contábil Fiscal ( Lei nº 12.973/14, IN RFB nº 1.422/13 e 1.59515))

·         Novo tratamento da escrituração contábil fiscal

·         Vigência da ECF e Legislação

·         Obrigatoriedade e Dispensa

·         Quais operações deverão constar

·         Prazos de entrega

·         Assinatura digital

·         Penalidades pelo atraso na entrega ou erros

·         Fim da DIPJ e LALUR

·         SCP Sociedade em Conta de participação – Forma de apresentação

·         Cruzamentos da ECF com outras declarações acessórias

·         Associação das contas contábeis recuperadas do Sped Contábil (ECD)

·         RTT (Regime Tributário Transitório)

·         Abertura do arquivo, importações e integrações

 

2    Análise dos Blocos e Registros que compõe a ECF

·          Bloco 0 – Abertura do arquivo e identificação

·          Bloco C – Recuperação de dados da ECD

·          Bloco E – Recuperação de dados da ECF anterior e cálculo Fiscal dos dados da ECF

·          Bloco J – Plano de Contas Referencial, mapeamento, Centros de Custos

·          Bloco K – Saldo das Contas Referenciais

·         Bloco L – Lucro Real 

·         Bloco M – e-LALUR/ e-LACS

·         Bloco N – Cálculo da IRPJ e CSLL

·         Bloco P -  Lucro Presumido

·         Bloco T -  Lucro Arbitrado

·         Bloco U - Imunes e Isentas

·         Bloco X – Informações Econômicas - Operações com Exterior, Demonstração de Origem e Aplicação dos Recursos, Comércio Eletrônico, Inovação Tecnológica

·         Bloco Y – Informações Gerais - Pagamentos ao Exterior, Exportação, Retenção de Tributos, Dados e Remuneração de Dirigentes, Participações Permanentes, Participações em Consórcios

·         Bloco 9 – Encerramento do Arquivo digital

 

 

80

Clique aqui

20/06/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: A PERÍCIA JUDICIAL NO NOVO CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL - LEI 13.105/2015
INSTRUTOR: ANDREIA FERNANDES DA MOTA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1 – ESTRUTURA DO NCPC;

2- PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROCESSO CIVIL À LUZ DO NCPC;

3- ALTERAÇÕES DO NPC CORRELATAS A ATIVIDADE DO PERITO;

4- PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DO PROCEDIMENTO PERICIAL NO NCPC.

80

Clique aqui

23/06/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: NBC'S PARA MICROEMPRESAS
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.      Conceitos e Princípios Gerais;

2.      Apresentação das Demonstrações Contábeis;

2.1.Balanço Patrimonial;

2.2.Demonstração do Resultado do Exercício

2.3.Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

2.4.Demonstração dos Fluxos de Caixa.

3.      Plano de Contas simplificado

4.      Carta de Responsabilidade da administração

5.      Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis;

6.      Ativo Imobilizado;

7.      Estoques;

8.      Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes;

9.      Receitas;

10.  Operações de Arrendamento Mercantil;

11.  Passivo e Patrimônio Líquido;

12.  Adoção Inicial desse Pronunciamento.
 

80

Clique aqui

24/06/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA CONFORME NBCASP E MCASP
INSTRUTOR: NILTON DE AQUINO ANDRADE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

· Introdução à Contabilidade Pública e sua convergência aos novos padrões;

· A tabela de eventos e os Conjuntos de Lançamentos Padronizados;

· A NBCT 16.4 – Transações no Setor Público e a NBC T 16.5 – Registro Contábil;

· Manuais da STN – MCASP e Instruções de Procedimentos contábeis;

· O Plano de Contas e os lançamentos contábeis padronizados (roteiros e eventos)

.  As regras de consistência das informações para atendimento e validação dos envios automáticos à STN e ao Tribunal de Contas;

·  Exercícios práticos a serem desenvolvidos em sala de aula.

 

80

Clique aqui

27/06/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PARTIDOS POLITICOS
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

VAGAS ESGOTADAS

Conteúdo Programático

PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CANDITADOS E PARTIDOS POLÍTICOS

 

Módulo I - Normas e procedimentos para Candidatos

 

LEGISLAÇÃO E REQUISITOS BÁSICOS PARA A PRESTAÇÃO DE CONTAS (Lei que regula a prestação de contas)

·         Convenção;

·         Coligação;

·         Comitês Financeiros;

·         CNPJ;

·         Recibos Eleitorais;

·         Conta Bancária.

ARRECADAÇÃO DE RECURSOS (Origem dos Recursos)

·         Recursos Próprios;

·         Doações Pessoa Física;

·         Doações Pessoa Jurídica;

·         Repasses de Partidos Políticos e Comitês;

·         Comercialização de bens e Realização de Eventos;

·         Doações Vedadas;

·         Período de Doação;

·         Realização de Eventos;

·         Recursos de Origem não identificada.

LIMITES E CONTAS (Data Limite para arrecadação e despesas)

·         Gastos Eleitorais;

·         Tipos de Despesas;

·         Quitação de Despesas;

·         Gastos Permitidos;

·         Gastos Proibidos;

·         Recursos não identificados;

·         Sobras de Campanha;

·         Dívida de Campanha.

PRESTAÇÃO DAS CONTAS (Prazos para Prestação de Contas)

·         Elaboração das Contas;

·         Análise dos documentos exigidos pela Lei 9.096/95, 9.504/97 e Resolução nº 23.432/2014 do TSE, no diz respeito à prestação de contas

·         Omissão na Prestação de Contas; Peças e documentos a serem apresentados;

·         Analise e Julgamento das Contas;

 

Módulo II – Contabilidade de Partidos Políticos

 

·         Demonstrativos, Legislação e Normas

·         NBCT 10.19

·         Técnicas de análise dos demonstrativos contábeis

·         Principais alterações na Lei 6.404/76 e Normas Internacionais aplicáveis às empresas sem fins lucrativos (partidos políticos)

·         Legislação relativa à imunidade tributária dos partidos e situações que possam levá-los a perdê-la;

·         Crítica/utilização do plano de contas das agremiações partidárias, conforme IN nº. 04/97 SCI/TSE, de 07 de julho de 1997.

 

 

80

Clique aqui

29/06/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: A EFD - REINF (ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DAS RETENÇÕES, CPRB E INFORMAÇÕES) 
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Introdução

-        Evolução e regras gerais

EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital das Retenções, CPRB e Informações)

-        Instituição

-        Pessoas Jurídicas e Físicas obrigadas

-        Periodicidade de entrega

-        Estrutura

-        Validações

-        Vigência

-        Serviços tomados/prestados mediante cessão de mão de obra e empreitada

-        Retenções na fonte pagadora (IR-CSLL-COFINS-PIS/PASEP) incidentes sobre os pagamentos diversos efetuados a pessoas físicas e jurídicas

-        Comercialização da produção e à apuração da contribuição previdenciária substituída pelas agroindústrias e demais produtores rurais pessoa jurídica

-        Empresas enquadradas na C.P.R.B (lei 12.546/11 arts. 7 e 9)

-        Efeito no DCTF – WEB

Blocos da EFD-Reinf

-        Informações do contribuinte e retenções na fonte

-        Serviços tomados mediante cessão de mão de obra

-        Retenções de recursos recebidos por associações desportivas que mantenham equipe de futebol profissional

-        Retenções de recursos repassados por associações desportivas que mantenham equipe de futebol profissional

-        Comercialização de produção por produtor rural PJ para agroindústria

-        CPRB – Contribuição Previdenciária Sobre a Receita Bruta

-        Retenções na fonte – IR/CSLL/PIS e COFINS sobre pagamentos feitos à pessoas físicas ou jurídicas

-        Receitas de espetáculos desportivos

-        Eventos periódicos

Tabelas do layout

Regras gerais de validação para o arquivo digital

EFD-Reinf x EFD-Contribuições x eSocial

 

80

Clique aqui

26/07/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: A LEI 12.973/2014 E OS IMPACTOS NA ECF
INSTRUTORA: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

I. INTRODUÇÃO

 

II. CONTEXTUALIZAÇÃO LEGAL DAS ALTERAÇÕES EM ÂMBITO FEDERAL COM FOCO NO IFRS

 

III. OBJETIVOS E AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DAS LEIS N° 11.638/2007 E 12.973/2014

 

IV. REGRAS ESPECÍFICAS DA ECF

1.      Pessoas Jurídicas obrigadas e desobrigadas a apresentar a ECF

2.      Prazos para entrega

3.      Cruzamentos da ECF com outras declarações acessórias

4.      Cuidados a serem tomados com a vinda do ECF se comparada com a DIPJ

5.      Penalidades pela não entrega

 

V. IMPORTANTES CONSIDERAÇÕES, QUE IMPACTAM A ESCRITURAÇÃO DA ECF

  

1.      BLOCO 0 – Abertura, Identificação e Referências

 

2.      BLOCO C – Informações Recuperadas da ECD

 

3.      BLOCO E – Recuperação de Dados da ECF Anterior e Cálculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD

 

4.      BLOCO J – Plano de Contas e Mapeamento

 

5.      BLOCO K – Saldos das Contas Contábeis e Referenciais

 

6.      BLOCO L – Apuração do Resultado Contábil (Balanço e DRE)

 

7.      BLOCO M e NApuração do Lucro Real (e-Lalur e e-Lacs)

 

7.1.Pessoas Jurídicas Obrigadas

7.2.Momento da Opção

7.3.Síntese da Apuração: Anual com base na Estimativa Mensal e/ou Suspensão e Redução, e e Trimestral

7.4.Pagamento

7.5.Novidades! Importantes Adições e Exclusões fundamentadas pela Lei 12.973/14 e IN RFB n° 1.515/2014.

a)      Ganhos ou Perdas decorrentes de AVJ de Ativos e Passivos

b)      Lucros e Dividendos

c)      Juros sobre Capital Próprio

d)      Subvenções Governamentais

e)      Arrendamento Mercantil

f)       Perdas no Recebimento de Créditos

g)      Variação Cambial

7.6.Compensação do Prejuízo Fiscal e da Base Negativa CSLL.

7.7.Deduções Legais

7.8.Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

 

8.      BLOCO P – Lucro Presumido

 

8.1.Pessoas Jurídicas que podem Optar

8.2.Síntese da Apuração: Competência ou Caixa

8.3.Impactos específicos da Lei 12.973/14 e IN 1.515/14

8.4.Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

 

9.      BLOCO X – Informações Econômicas (Alguns registros)

 

10.  BLOCO YInformações Gerais (Alguns registros)

60

Clique aqui

27/07/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ITG 1000
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

OBJETIVO

Atualizar, esclarecer e informar como introduzir as novas normas contábeis de forma pratica resumida para as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, com vistas à elaboração de demonstrações contábeis que atendam o disposto na legislação contábil de regência.

          

PROGRAMA

·   Definição de microempresa, pequena, média e grande empresa para fins da nova contabilidade

·   Lei Complementar 123/2006 – Benefícios da Lei para as Empresas

·   Adoção Inicial da Nova Norma Contábil

·   Objetivo das demonstrações contábeis de pequenas e médias empresas

·   Características da informação contábil - conceitos e definições

·   Apresentação das Demonstrações Contábeis

·   Plano de Contas Simplificado

·   Carta de Responsabilidade da Administração

·   Balanço Patrimonial

·   Demonstração do Resultado do Exercício

·   Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido e Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados

·   Demonstração dos Fluxos de Caixa

·   Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis

·   Estoques – Reconhecimento e Mensuração

·   Ativo Imobilizado

·   Ativo Intangível

·   Operações de Arrendamento Mercantil – Leasing

·   Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes

·   Passivo e Patrimônio Líquido

·   Receitas

·   Subvenção Governamental

·   Custos de Empréstimos

·   Redução ao Valor Recuperável de Ativos

·   Benefícios a Empregados

·   Tributos sobre o Lucro

·   Evento Subsequente

80

Clique aqui

28/07/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: AS NOVAS REGRAS DE ICMS EM MINAS GERAIS
INSTRUTORA: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

- Conceitos dos principais Princípios do Direito Tributário (ICMS);

 

- EC n° 87, de 16/04/2015 -  Diferença de Alíquota – DIFAL, para consumidor final.

 

- Decreto n° 46.859, de 01/10/15 - Majoração das Alíquotas Internas de MG;
 

- Ajuste SINIEF 11, de 04/12/2015 – Criação de códigos na GIA Online;    

 

 - Resolução n° 4.855, de 29/12/2015 - Apuração do ST sobre os Estoques;
 

- Convênio ICMS 92, de 20/08/15 - Uniformização do Regime de ST e ICMS Antecipado

 

- Decreto n° 46.930, de 30/12/2015 – Consolidação das Alterações no RICMS/MG

 

- Decreto n. 46.931, de 30/12/2015 -  Alterações sobre a substituição tributária após as alterações promovidas pela Lei Complementar nº 147/2014.

 

- Resolução 4.855, de 29/12/20155 – Estoque das mercadorias que foram excluídas e incluídas no Regime do ST, bem como o aumento da carga tributária. 
 

- Lei n° 8.137/90 - Crimes contra à Ordem Tributária
 

- Estudo de casos – Exercício para fixação da matéria.

60

Clique aqui

01/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ATUALIZAÇÃO EM IFRS E A LEI 12.973/2014
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Objetivo:
A Lei 12.973/2014 trouxe adaptação dos tributos administrados pela RFB para as empresas do Lucro Real e Lucro Presumido em face das novas práticas contábeis brasileiras introduzidas pela Lei 11.638/07 e 11.941/09 que tornaram obrigatórios os padrões internacionais de contabilidade do IFRS para todas as empresas brasileiras. Neste Este treinamento objetiva apresentar as implicações tributárias diante das principais alterações das práticas contábeis introduzidas pela adoção das normas internacionais-IFRS, e as consequências na apuração do Lucro Real e Presumido.


Programa:

A NOVA FORMATAÇÃO ESCRITURAL

·         Revogação do RTT

·         Extinção do FCONT

·         Impactos no LALUR

·         LALUR por meio digital

·         Prazos de adaptação

 

LEI 12.973 – ALTERAÇÕES CONTÁBEIS E TRIBUTAÇÃO

·        Novo tratamento tributário para o IRPJ e CSLL

·        Arrendamento mercantil (leasing)

·        Depreciação, amortização e intangível

·        Nova definição para receita bruta

·        Avaliação a Valor Presente (AVP)

·        Teste de recuperabilidade (imparment)

·        Despesas pré operacionais ou pré industriais

·        Custos dos empréstimos (capitalização)

·        Avaliação e ajustes a valor justo

·        Atividade imobiliária – permuta

·        Contratos de longo prazo

·        Contratos de concessão com órgãos públicos

·        Aquisição de participação societária

·        As diferenças de aplicação das taxas de depreciação decorrentes dos novos conceitos de vida útil, valor residual e valor depreciável

·        Os juros capitalizados sobre imobilizados

·        Alterações no valor das propriedades para investimentos

·        A tributação dos ajustes de exercícios anteriores

·        O tratamento dos Ajustes de Avaliação Patrimonial e de outros Resultados Abrangentes

·        Como fazer com o Imposto de Renda Diferido

·        Juros sobre o Capital Próprio e base para distribuição de lucros

·        Doações e subvenções para investimento

·        Instrução Normativa RFB 1.493/2014 – Adoção Inicial das Normas

 

DEMAIS DISPOSIÇÕES

·        Opção pela Lei 12.973 para 2014 – necessidade

·        Tributação do IRRF sobre distribuição de lucros e dividendos

·         Novo tratamento para reserva de reavaliação

·         Nova definição de receita bruta para o PIS e Cofins

 

80

Clique aqui

03/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA RESPONSÁVEIS TÉCINCOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

1– O que é a Desoneração da Folha.

2– Contribuições abrangidas pela Desoneração.

3– Quando a empresa não tem folha de pagamento é devida a CPRB?

4– A Desoneração da Folha implica redução da carga tributária para a empresa?

5 –  Quem é e quem não é atingido pela medida

     - Setores, serviços e produtos abrangidos.

6 - Empresas enquadradas no Simples

7 – Construção Civil – novos critérios de enquadramento ratificados pela Lei Nº 12.844/2013.

8 – Comércio Varejista após as regras estabelecidas pela Lei Nº 12.844/2013.

9 – O que muda no recolhimento da nova contribuição.

10 – Receita Bruta – Abrangência.

11– Contribuições alcançadas pela Desoneração da Folha de Pagamentos.

12 – 13º Salário - novo cálculo com a desoneração

13 – Novas alíquotas da desoneração da folha de pagamento a partir do advento da Lei 13.161/2015.

14 – Serviços prestados com cessão de mão-de-obra:

15 – Novo percentual 3,5% na retenção.

16 – Compensação dessa retenção – Como como se aplica.

17 – Como recolher e informar à Receita Federal a nova contribuição:

18 –  GFIP/SEFIP

19 – Empresas com 100% da receita abrangida.

20 – Empresas com receita abrangida e receita não abrangida.

21 - Generalidades

22 - Cálculo da nova contribuição – exemplos práticos

80

Clique aqui

09/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: GOVERNANÇA CORPORATIVA
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

 

1 - Conceitos Básicos de Governança Corporativa

Transparência

Equidade

Prestação de contas

Responsabilidade corporativa

8 as principais características da “boa governança“, 

Forma Jurídica, Formas e Tipos de Controle

O avanço da governança corporativa nas instuições do Mercado Financeiro e de Capitais Brasileiro

 

2 - Melhores práticas de Governança Corporativa

Conselho de administração

Políticas de gestão

Comitê de auditoria

Conselho fiscal

Conflitos de interesse (Agência): o que são e por que ocorrem.

Preservar e Otimizar seu Valor

 Obter Melhorias de Gestão

Facilitar o Acesso a Recursos Financeiros e Não Financeiros

 Contribuir Para a Longevidade e Sustentabilidade

 Avaliar, de Forma Permanente, o Propósito da Empresa

 

3 - Propriedade

Confusão Patrimonial ou Desvio de Finalidade

Forma Jurídica: Sociedade Limitada (Ltda.) e Sociedades por Ações (S/A)

Empresa Familiar

Assembleias ou Reuniões de Sócios

Direitos, Deveres e Responsabilidades dos Sócios

Mediação e Arbitragem

 Planejamento Sucessório da Propriedade

Seguro D&O (sigla em inglês para Directors and Officers Liability Insurance)

A aderência das NBC TG aos preceitos do coso e de Governança Corporativa

 

4 - Lei Sarbanes Oxley

Gestão de riscos

Controles internos

A Governança Corporativa e o Mercado de Capitais Brasileiro

Novo Mercado da Bovespa

Segmentos de listagem

80

Clique aqui

10/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CONTROLES INTERNOS NAS ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR
INSTRUTOR: WARLEY DE OLIVEIRA DIAS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

·         Aspectos Introdutórios

o   Caracterização das Entidades

o   Aspectos Legais (legislação aplicada)

o   Demonstrações Contábeis

o   Auditoria Independente

·         Aspectos Contábeis e Controles Internos

o   Relação Custo/Benefício

o   Definição de Responsabilidades e Autoridade

o   Plano de Contas Segregado por Atividades

o   Classificação Contábil das Receitas e Despesas

o   Escrituração das Gratuidades

o   Doações de Bens

o   Serviços de Voluntários

o   Controle Patrimonial

80

Clique aqui

24/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: NBC ITG 2002
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

 

ITG 2002 (R1)

 

·         Finalidade

·         Alcance

·         Reconhecimento

·         Usuários e suas necessidades de informação

·         Observância aos Princípios Contábeis

·         Critérios e procedimentos contábeis

·         Relatórios Gerenciais / Divulgação

·         Demonstrações contábeis (divulgação do conjunto)

·         Contas de Compensação

·         Plano de Conta simplificado

·         Carta de Responsabilidade da administração

·         Apêndice A - exemplos de Demonstrações contábeis para entidades sem finalidade de lucros

·         Prazos de guarda de documentos

·         Obrigações acessórias

·         Sped – considerações

·         Controles

80

Clique aqui

25/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: DIREITO E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
INSTRUTOR: ARIOSNEUSO SOUZA RESENDE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.      SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL

1.1  Conceito

1.1.1 O Sistema Tributário Ideal

1.2  O Planejamento Tributário e os Atos ilícitos

 

1.2.1 O Planejamento Tributário

1.2.1.1 Tipos de Elisão (planejamento fiscal)

1.2.1.2 Finalidades do Planejamento Tributário

1.2.1.3 Exemplos lícitos de como planejar redução tributária

1.2.1.4 Planejamento Tributário e Ação de Contestação

1.2.1.5 Avaliação do custo benefício

1.2.2 O Planejamento Tributário com base nos incentivos fiscais

1.2.3 Diferenças entre elisão fiscal e sonegação fiscal    

1.2.3 Atos ilícitos

1.2.5 Planejamento Tributário como obrigação dos administradores

       1.3            Tributos

1.3.1 Conceito, elementos, espécies, função e competência

1.3.2 Bases clássicas da Tributação

1.3.2 Classificação dos Tributos

 

2.      FONTES DO DIREITO TRIBUTÁRIO

2.1 Classificação das fontes

2.1.2 Materiais

2.1.2 Formais

                   2.2 Instrumentos normativos que criam tributos

                   2.3 Instrumentos que regulamentam a lei.

                   2.4 Legislação Tributária

                        2.4.1 Conceito e abrangência

                        2.4.2 Vigência no tempo e no espaço

                        2.4.3 Interpretação               

 

3.      PRINCÍPIOS JURÍDICOS DA TRIBUTAÇÃO

       3.1           Princípio da Legalidade

       3.2           Princípio da Anterioridade

       3.3           Princípio da Igualdade

       3.4           Princípio da Capacidade Contributiva

 

4.      OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS

4.1  Obrigação principal e obrigação acessória

4.2 Crédito Tributário

4.1.1 Constituição

4.1.2 Suspensão

4.1.3 Extinção

 

5.      IMPOSTOS DO SISTEMA TRIBUTÁRIO BRASILEIRO

 

6.      CRIMES CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA

80

Clique aqui

26/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: PRINCIPAIS NBC'S DE APOIO A ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

 

1 - Estudo das Normas Brasileiras de Contabilidade - Resolução CFC nº. 1.328/11.

Consolidação das demonstrações contábeis; Noções preliminares ; Fundamentos; Ajustes contábeis; Estrutura.

 

2 - Normas Brasileiras de Contabilidade Profissionais

Geral - NBC PG.

Auditor Independente - NBC PA.

Auditor Interno - NBC PI .

Perito - NBC PP.

 O Comitê de Pronunciamentos Contábeis – CPC’s

A Convergência Contábil às normas internacionais

Consolidação das demonstrações contábeis

Critérios de forma de contabilização

 

3-  IFRS – Normas Internacionais de Contabilidade

Reconhecimento, mensuração e evidenciação de instrumentos financeiros

Aplicabilidade e atenção ao IASB

 

4- CPC´s e NBC´s de apoio a elaboração das Demonstrações Contábeis

  • CPC 35 (R2) - Demonstrações Separadas - Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade – IAS 27 (IASB - BV 2012)
  • CPC 36 (R3) Demonstrações Consolidadas Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade – IFRS 10 (IASB - BV 2012)
  • NBC T 16 – NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO
  • Redução ao valor recuperável de ativos (NBC TG 01 (R3));
  • Ativo intangível (NBC TG 04 (R3));
  • Operações de arrendamento mercantil (NBC TG 06 (R2));
  • Investimento em coligada, em controlada e em empreendimento controlado em conjunto (NBC TG 18 (R2));
  • Negócios em conjunto (NBC TG 19 (R2));
  • Custos de empréstimos (NBC TG 20(R1));
  • Demonstração intermediária (NBC TG 21(R3));
  • Informações por segmento NBC TG 22(R2));
  • Apresentação das demonstrações contábeis (NBC TG 26(R3));
  • Ativo imobilizado (NBC TG 27(R3));
  • Propriedade para investimento (NBC TG 28(R3));
  • Ativo biológico e produto agrícola (NBC TG 29(R2));
  • Ativo não circulante mantido para venda e operações descontinuadas (NBC TG 31(R3));
  • Benefícios a empregados (NBC TG 33(R2));
  • Demonstrações consolidadas (NBC TG 36(R3));
  • Adoção inicial das normas internacionais de contabilidade (NBC TG 37(R4));
  • Instrumentos financeiros: evidenciação (NBC TG 40(R2));
  • Divulgação de participações em outras entidades (NBC TG 45(R2)).

 

60

Clique aqui

29/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ATUALIZAÇÃO EM IFRS E A LEI 12.973/2014
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

 

1 - As regras contábeis para a aplicação da Lei  nº 12.973/14 (incluindo IN RFB nº 1.492/14, nº 1.493/14 e nº 1.499/14).

 

- Mudanças trazidas pela Lei nº 12.973/14 (impactos nas demonstrações contábeis e obrigatoriedade e exigibilidade)

- IFRS (International Financial Reporting Standards) - Normas e Padrões Internacionais de Contabilidade

- Regime tributário de transição – RTT (vigente até 31/12/14).

- Adoção dos novos critérios contábeis nas empresas tributadas pelo lucro real e seus reflexos fiscais.

- Principais mudanças na apuração do IRPJ e da CSLL nas empresas do tipo de tributação Lucro Presumido.

 

2 – Cenário tributário e arrecadação

- Correlação: Lei x Normas Contábeis

- Adoção inicial do novo regime

-  Livro de Apuração do Lucro Real – LALUR

-  Multas - Multas por não entrega e inexatidão nas informações

-  Escrituração contábil fiscal (ECF) – e-Lalur - e-Lacs.

-  Conceito de receita bruta

-  Juros Pagos ou Incorridos – Tratamento

-  Subvenções para Investimentos

-  Ajuste a valor presente - AVP

- Tratamento tributário dos lucros e dividendos

- Juros sobre o capital próprio – JCP

- Método de equivalência patrimonial (MEP)

 - Arrendamento mercantil – Dedutibilidade do leasing e a  Opção por depreciação ou pela

parcela

- Tratamento fiscal do ágio e do deságio (ganho na compra)

- Redução ao valor recuperável de ativos

- Tributação em bases universais

- Adesão ao REFIS

80

Clique aqui

30/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: A PERÍCIA JUDICIAL NO NOVO CÓDIGO DO PROCESSO CIVIL - LEI 13.105/2015
INSTRUTOR: ANDREIA FERNANDES DA MOTA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

NÃO PONTUA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1 – ESTRUTURA DO NCPC;

2- PRINCÍPIOS NORTEADORES DO PROCESSO CIVIL À LUZ DO NCPC;

3- ALTERAÇÕES DO NPC CORRELATAS A ATIVIDADE DO PERITO;

4- PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DO PROCEDIMENTO PERICIAL NO NCPC.

80

Clique aqui

31/08/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS( BALANÇO, DRE, DMPL E DVA )

INSTRUTORA: DANIELA BALBINA DE SOUZA CRESPO MARRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA EPC - EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Conteúdo programático:

a) A contabilidade e seus usuários:

 a. O processo contábil

 b. Estrutura patrimonial

 c. Estrutura de resultados  

d. Provisões, despesas antecipadas e contas retificadoras.

 b) Demonstrações contábeis:

 a. Balanço patrimonial  

b. Demonstrações do resultado do exercício (dre)

 c. Demonstração de mutação do patrimônio líquido (dmpl)  

d. Demonstração do valor adicionado (dva)

c) Indicadores de gestão:  

a. Índices de liquidez  

b. Índices de estrutura de capital

 c. Índices de rentabilidade

70

Clique aqui

01/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: A EFD - REINF (ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DAS RETENÇÕES, CPRB E INFORMAÇÕES) 
INSTRUTOR: MAURICIO FERRARESI FARACE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

(1) - Introdução

(1.1) - SPED, e-Social e a EFD - REINF: histórico, evolução e regras gerais

(2) - Nova EFD - REINF (Escrituração Fiscal Digital das Retenções, CPRB e Informações)

(2.1) - Instituição

(2.2) - Pessoas jurídicas e físicas obrigadas

(2.3) - Periodicidade de entrega

(2.4) - Estrutura

(2.5) - Validações

(3) – EFD - REINF e a EFD - Contribuições

(4) - Blocos da EFD - REINF

(4.1) - R-2070 - Eventos periódicos, retenções na fonte (IR,CSLL,Cofins,PIS/Pasep), pagamento diversos


(4.2) - R-1000 - Informações do contribuinte


(4.3) - R-1010 - Tabela de processos administrativos/judiciais


(4.4) - S-2010 - Serviços tomados mediante cessão de mão de obra


(4.5) - R-2020 - Retenções - serviços prestados mediante cessão de mão de obra


(4.6) - R-2060 - Informações – CPRB


(4.7) - R-2030 - Retenções - receitas recebidas por associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional


(4.8) - R-2040 - Retenções - receitas repassadas para associação desportiva que mantenha equipe de futebol


(4.9) - R-2050 - Informações - comercialização da produção por produtor rural PJ/agroindústria


(4.10) - R-2098 - Reabertura dos eventos periódicos


(4.11) - R-2099 - Fechamento dos eventos periódicos


(4.12) - R-3010 - Espetáculo desportivo


(4.13) – Tabelas

50

Clique aqui

02/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED eSOCIAL 
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Programa

·        Noções preliminares - Conectividade Social e Objetivos da RFB

·        eSocial – Conceito; objetivos, regras gerais e Características

·        Pessoas Obrigadas

·        Identificadores Previdenciários – CNPJ, CPF, CAEPF (Cadastro Atividades Econômicas da PF); CNO (Cadastro Nacional de Obras)

·        Prazo de Apresentação, Retificação e Penalidades

·        Obrigações Acessórias Eliminadas  - Livro Registro de Empregados, GPS, CAGED; RAIS; Relatório de Folha de Pagamentos; GFIP; DIRF e MANAD;

·        Cadastro e Qualificação Cadastral de Trabalhadores

·        Folha de Pagamento – Fluxo de Informações, Padronização de rubricas; novo formato da folha de pagamento; Pagamentos a assalariados e não assalariados;

·        Eventos Cadastrais - Cadastro do Contribuinte; Rubricas; Cargo; Função; Lotação e Departamentos; Horário (Jornada de Trabalho); Estabelecimento e Obras; Processos Administrativas e Judiciais; Pessoas Físicas sem Vinculo Empregatício;

·        Rubricas da Folha de Pagamento - classificação da natureza salarial ou indenizatória das verbas trabalhistas;

·        Eventos Trabalhistas - cadastramento inicial do vínculo; admissão e aviso prévio; alteração de dados cadastrais e contratuais; Atestados de Saúde Ocupacional (ASO); Eventos temporários; Estabilidade

·        Obrigações Previdenciárias - PPP Eletrônico; Informações sobre Aposentadoria Especial; Comunicação do Acidente de Trabalho (CAT); Comercialização produção rural; Cooperativas de Trabalho;

·        Prestadores de Serviços - Informações pelo tomador e prestador de serviços; Retenção de 11% do INSS;

·        Estrutura de Tabelas do eSocial

·        Estudo Detalhado da Estrutura

·         Impacto nas Empresas

·         Como se Preparar para a Exigência

·         ESocial – Empregado Doméstico

·         Visão Pratica dos Procedimentos a serem adotados

 

80

Clique aqui

05/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ICMS- SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1. Conceitos e fundamentos constitucionais da Substituição Tributária;

2. Análise do Convênio ICMS 92/2015 e legislações correlatas;

3. Produtos sujeitos à Substituição Tributária;

 4. Modalidades;

5. Aplicabilidade e Inaplicabilidade do Regime de ST;  

6. Efeitos da alteração nas operações internas e interestaduais;

 7. Procedimentos para levantamento de Estoque pela exclusão e inclusão de produtos na sistemática da substituição tributária;

8. Prazos para recolhimento e possibilidades de parcelamento;

9. Possibilidades de utilização do saldo credor;

10. Diferencial de Alíquotas, devido por Substituição Tributária;  

11. Margem de Valor Agregado;

12. Pauta Fiscal;

13. Base de Cálculo, alíquotas e apurações;

14. Processos e procedimentos de Restituição;

15. Obrigações acessórias;  

80

Clique aqui

12/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: RELATÓRIOS GERENCIAIS - FINANÇAS CORPORATIVAS E VALOR 
INSTRUTOR: DANIELA BALBINA DE SOUZA CRESPO MARRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1. Conceito de dados e informações 

2. Qualidade da informação Contábil 

3. Classificação de usuários 
 
4. Tipos e Periodicidade de Relatórios 
 
5. Contabilidade Financeira 
 
6. Contabilidade de Custos 
 
7. Estrutura de Capital 
 
8. Indicadores de Gestão 

80

Clique aqui

13/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: GESTÃO DE EMPRESAS CONTÁBEIS 
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* NÃO PONTUA PARA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA E PARA PREPARADORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1 - Competências de cada departamento

Pessoal: Fiscal; Contábil; Societário; Expedição; Recepção; Assessoria  e Consultoria.

Diversificação de serviços; Gestão de clientes; Mercado de atuação; Uso de e-mails nos tratos com cliente; Erros nas informações prestadas; Seguros de responsabilidade profissional;

Equipamentos e estrutura necessários (TI); Sistemas (ERP) de uso da empresa; Administração de documentos do cliente;

 

2 - Fixação de honorários e cobranças adicionais

Estratégias de formação de preço de serviços

Estratégias de oferta de produtos contábeis

Estratégias de vendas de serviços de contabilidade

Marketing contábil como usar para aumentar base de clientes

 

3 -  Designação das tarefas (pessoas responsáveis)

Conciliação contábil e composição de saldos;  Estruturação e classificação das contas contábeis;  Compras, transferências e beneficiamentos de mercadorias e produtos ;  Imobilizado: aquisição e venda;  Recolhimento de tributos; compras e pagamentos diversos; Informações eletrônicas: transmissão de dados, manutenção de sistemas; Parcerias

 

4  - Recebimentos de documentos

Departamento Fiscal, de Pessoal e Contábil;

Documentos legais: principais, acessórios, de afixação obrigatória ou opcional na organização.

 

5 - Recursos Humanos – Departamento de Pessoal

Admissão de funcionários; rescisão do contrato de trabalho; férias; horário de trabalho; Contrato de trabalho do menor aprendiz; Política de Remuneração; 13º Salário; Outras obrigações legais em geral; inscrição dos sócios ou diretores na previdência social; penalidades

 

6 -  Serviços de terceiros

Pessoas físicas e/ou jurídicas (consultorias, perícias, avaliações técnicas)

 

7 -  Documentos referentes à movimentação bancária

pagamentos; › recebimentos; › empréstimos bancários; › descontos de títulos; › cobrança bancária; › leasing; › despesas bancárias; › outras operações.

 

8 -  Despesas e custos

Aluguel, água, Luz, Telefone, Internet, manutenção,  IRRF/INSS/ISS, Recibo de Pagamento a Autônomo (RPA); Estoques de matérias de uso.

Inadimplência de clientes

 

80

Clique aqui

15/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E EXIGÊNCIA DO CÓDIGO CEST NAS NOTAS FISCAIS - EC 87/2015 E CONVÊNIOS ICMS 92 E 93/2015
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

MÓDULO I - Emenda Constitucional 87/2015 e Convênio ICMS 93/2015 com alterações

Novo fato gerador do ICMS,

Inconstitucionalidade do Protocolo ICMS 21/2011 e Guerra Fiscal,

Repartição do imposto entre os Estados ,

Período de transição,

Responsabilidade pelo recolhimento do diferencial de alíquota (remetente e destinatário),

Inscrição de contribuinte substituto,

Diferencial de alíquota nas operações com serviços de transportes,

Base de Calculo e apuração do DIFAL (diferencial de alíquota) – operações com contribuintes e não contribuintes (Abordagens específicas de alguns estados),

Operações com benefícios fiscais,

Alíquotas interestaduais e internas,

Fundo de Erradicação da Miséria e Combate a Pobreza,

Forma de recolhimento,

Emissão da Nota Fiscal Eletrônica e do DANFe,

Obrigações acessórias (GIA – ST e Destda),

Novos registros do SPED Fiscal,

 MÓDULO II - Substituição tributária do ICMS - Convênio ICMS 92/2015 com alterações

Conceitos e fundamentos da Substituição Tributária

Análise do Convênio ICMS 92/2015 e legislações correlatas

Novos produtos sujeitos à Substituição Tributária

Efeitos da alteração nas operações internas e interestaduais

Procedimentos para levantamento de estoque pela exclusão e inclusão de produtos na sistemática da substituição tributária

Prazos para recolhimento

Possibilidade de parcelamento

Possibilidade de usar saldo credor

80

Clique aqui

19/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E EXIGÊNCIA DO CÓDIGO CEST NAS NOTAS FISCAIS - EC 87/2015 E CONVÊNIOS ICMS 92 E 93/2015
INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

- Conceitos dos  Princípios do Direito Tributário (ICMS);

- EC n° 87, de 16/04/2015 -  Diferença de Alíquota – DIFAL, para consumidor final.

- Decreto n° 46.859, de 01/10/15 - Majoração das Alíquotas Internas de MG;

- Convênio ICMS 92, de 20/08/15 - Uniformização do Regime de ST e ICMS Antecipado e o CEST

- Convênio ICMS 93, de 17/09/2015 - Dispõe sobre os procedimentos a serem observados nas operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidor final não contribuinte do ICMS, localizado em outra unidade federada.

- Decreto n° 46.930, de 30/12/2015 – Consolidação das Alterações no RICMS/MG

- Decreto n. 46.931, de 30/12/2015 -  Alterações sobre a substituição tributária após as alterações promovidas pela Lei Complementar nº 147/2014.

- Adicional de alíquota do FEM - Fundo de Erradicação da Miséria;

- Aplicabilidade do FEM;

- Cálculo do adicional de alíquota do FEM;

- Obrigações principal e acessórias do FEM;

- Lei n° 8.137/90 - Crimes contra à Ordem Tributária

- Estudo de casos – Exercício para fixação da matéria.

80

Clique aqui

26/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ALTERAÇÕES NA JUCEMG: REGISTRO DE LIVROS
INSTRUTOR: JOSÉ GERALDO DO CAMPOS NETO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E PARA OS REPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Histórico dos Registros dos Livros
• Escrituração Contábil Digital – ECD
• Registro Digital
• Livro Digital
• Livro Digital Registrado pela Jucemg
• Empresas obrigadas ao envio do Livro Digital
• Certificado Digital
• Procuração Eletrônica – Jucemg
• Emissão de DAE
• Solicitação de Autenticação do Livro Digital
• Assinatura e envio da Solicitação para a Jucemg
• Validação do Livro Digital
• Consulta autenticação do Livro Digital

80

Clique aqui

28/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED FISCAL ( ICMS ) 
INSTRUTOR: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.Introdução ao Sped

2.Legislação que regulamenta a EFD

3.Conceitos
SPED e EFD
Sintegra x EFD - Semelhanças

4.Obrigatoriedade
Critérios para Definição da Obrigatoriedade
Obrigatoriedade 2009 – 2010 – 2011 – 2012 - 2014
Como Identificar a Obrigatoriedade
Lista é Taxativa
EFD por Estabelecimento
Utilização Facultativa – Procedimentos e Viabilidade
Livros Fiscais Substituídos e Livros Fiscais Mantidos

5.Funcionamento – EFD
Escrituração e Geração do Arquivo
Perfil Utilizado em Minas Gerais
Validação – Assinatura – Transmissão – Recibo de Entrega
Demonstração Gráfica do Funcionamento da EFD
PVA – Normas Gerais
Prazo para Entrega
Retificação – Autorização x Taxa de Expediente

6.Normas de Escrituração – EFD
Conteúdo da EFD
Classificação Fiscal
Inventário – 2011 e Inventário Periódico
Campos de Preenchimento Obrigatório
Vedação a Escrituração dos Livros Fiscais de Forma Diversa
Compartilhamento das Informações
Dispensa do Sintegra e Gam 57
Dispensa de Outras Obrigações
Penalidades
Arquivo e Legislação Nacional

7.Blocos e Registros
Estrutura dos Blocos e Registros
Registros Dispensados para o Perfil B
Registros Dispensados para Minas Gerais
Contabilidade x Clientes - EFD

8.Lançamentos Fiscais - PVA
Diferença de Alíquotas
Substituição Tributária paga no momento da entrada em  MG
ST – Transporte quando a Responsabilidade é do Remetente
Substituição Tributária – Saídas
Lançamentos de Notas Fiscais recebidas com o imposto retido por ST
Lançamentos dos Cupons Fiscais Emitidos (Redução Z x Itens de Produtos)
Pagamento Efetuado com Cartão de Crédito ou Débito
Créditos de Empresas do Simples Nacional
Lançamento do Estoque

 

80

Clique aqui

29/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES DOS FLUXOS DE CAIXA
INSTRUTOR: ANDRÉIA FERNANDES DA MOTA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E PARA OS REPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

INSCRIÇÕES ESGOTADAS

Conteúdo Programático

1.     Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC)
1.1 Aspectos  gerais e Introdutórios
1.2 Objetivos e benefícios das informações de fluxo de caixa
1.3 Requisitos e obrigatoriedade
1.4 Disponibilidades de caixa e equivalentes de caixa
1.5 Classificação das movimentações de caixa por atividade
1.6 Métodos e técnicas de Elaboração
1.7 Atividades de Investimentos, Financiamentos e Operacionais

      1.8 Fluxo de Caixa Projetado

      1.9 Exercícios

 

80

Clique aqui

30/09/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED PIS/COFINS 
INSTRUTOR: JÚLIO CÉSAR DOS REIS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1 – Contextualização geral do SPED

2 – Escrituração Fiscal Digital - EFD

2.1 – Introdução: aspectos gerais, obrigatoriedade, prazos, multas, dados do contador, retificação e outras.

2.2 – Dados técnicos para preenchimento e geração do arquivo da EFD Contribuições

               2.3 – Análise dos Blocos e Registros da EFD Contribuições

               2.4 – Regras de validação

3 – Outras considerações importantes

60

Clique aqui

11/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CONTABILIDADE E IMUNIDADE TRIBUTÁRIA NAS ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR

INSTRUTORA: DANIELA BALBINA DE SOUZA CRESPO MARRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.    Entidades Imunes

2.    Requisitos e qualificações

3.    Constituição Federal e suas implicações nas Entidades do Terceiro Setor

4.    Código Tributário Nacional

5.    Imunidades

6.    Vedações

7.    Procedimentos aplicáveis na contabilidade do Terceiro Setor

8.    Jurisprudencia

9.    Risco

10. Reconhecimento e concessão de registros, títulos e qualificações por órgãos governamentais

 

80

Clique aqui

13/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: IMPAIRMENT
INSTRUTOR: REGIS MONTEIRO FERREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

·         Princípios Contábeis Brasileiros e o Processo brasileiro de convergência às IFRS.

 

·         Diferenças de Práticas Contábeis: BRGAAP e IASB.

 

·         Normas Brasileiras de Contabilidade e Principais Aspectos fiscais (Leis 11638/07 11941/09 e 12973/14).

 

·         Órgãos Regulamentadores: IASB; CPC; IBRACON; CFC; SUSEP e BACEN.

 

·         NBC TG 01 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos (Impairment).

o   Identificação do Ativo que pode estar desvalorizado

o   Mensuração do Valor Recuperável

o   Reconhecimento e Mensuração da Perda por Desvalorização

o   Desvalorização em uma unidade geradora de caixa

o   Divulgação

80

Clique aqui

14/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: GOVERNANÇA CORPORATIVA
INSTRUTOR: WARLEY DE OLIVEIRA DIAS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

·          Governança corporativa: visão geral   

o    Governança corporativa: síntese das principais funções 

o   Os ágios da governança corporativa 

o   Visão geral das práticas de governança corporativas requeridas das   organizações: a abordagem do MEG/FNQ   

 

·          Origens e fundamentos da governança corporativa  

o   Evolução da empresa capitalista e o surgimento da governança  

o    Governança corporativa e requisitos das partes interessadas 

o   Fundamentos da governança corporativa  

      

·         Código IBGC das melhores práticas de governança corporativa   

o   Propriedade 

o   Conselho de Administração 

o   Gestão 

o   Auditoria Independente

o   Conselho Fiscal 

o   Conduta e conflito de interesses   

 

·          Avaliação das práticas de governança corporativa.   

o    Tendências da governança corporativa no Brasil 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

60

Clique aqui

18/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: FORMAÇÃO DE ANALISTA FISCAL
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* NÃO PONTUA PARA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

O QUE O MERCADO PROCURA EM UM ANALISTA FISCAL?   

CONCEITOS FISCAIS E TRIBUTÁRIOS               

REGIMES DE TRIBUTAÇÃO    

1. Lucro Real

2. Presumido e

3. Simples Nacional   

CADASTRO DE CLIENTES E FORNECEDORES

NOTA FISCAL ELETRÔNICA   

1. Modalidades de Emissão da NF-e

2. Preenchimento da Nota Fiscal Eletrônica

IMPORTANTES OPERAÇÕES FISCAIS E PROCEDIMENTOS    

1. Carta de Correção Eletrônica       

2. Procedimentos de Devolução       

3. Arquivamento das NF-e   

4. Cancelamento da NF-e     

5. Motivos de Rejeição da NF-e       

NOÇÕES DE ICMS, IPI, PIS e COFINS e ISS         

1. Incidência do Imposto

2. Fato Gerador

3. Não Incidência

4. Isenções

5. Alíquota

6. Base de Cálculo

7. Sujeito Passivo

8. Recolhimento

9. Prazo de Recolhimento

10. Obrigações Acessórias    

 

80

Clique aqui

19/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA APLICADA À CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS
INSTRUTOR: MAURÍCIO FERRERASI FARACE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

(1) - Legislação Societária

(2) - Aspectos Constitutivos e de Legalização das Sociedades

(2.1) - Aspectos Administrativos

(2.2) - Aspectos Fiscais e Tributários

(2.3) - Aspectos Contábeis

(2.4) - Aspecto Financeiro

(3) - Legislação sobre a Constituição de Sociedades

(4) - Código Civil Brasileiro

(4.1) - Empresário

(4.2) - Espécies de Empresário

(4.3) - Pessoa Natural Empresária (do art. 966 ao art. 980 da Lei nº 10.406/02)

(4.4) - Patrimônio do Empresário

(4.5) - Quem pode ser Empresário

(4.6) - Sociedade Empresária

(4.7) - Classificação das Sociedades

(5) - Sociedades quanto ao Aspecto Legal ou quanto à Personalidade Jurídica

(5.1) - Sociedades Não - Personificadas

(5.2) - Sociedade Personificada

(6) - Sociedades quanto ao Objeto

(6.1) - Sociedade Empresária

(6.2) - Sociedade Simples

(7) - Quanto à Importância da Pessoa dos Sócios ou quanto à Relevância do Capital dos Sócios

(7.1) - Sociedade de Pessoas ou Contratuais

(7.2) - Sociedade de Capitais ou por Ações ou Estatutárias

(8) - Sociedades quanto à Responsabilidade dos Sócios

(8.1) - Sociedades de Responsabilidade Limitada

(8.2) - Sociedades de Responsabilidade Ilimitada

(8.3) - Sociedade de Responsabilidade Mista

(9) - Sociedades quanto à Forma Jurídica: Reguladas pelo Código Civil

(9.1) – Sociedade em Nome coletivo

(9.2) - Sociedade em Comandita Simples

(9.3) - Sociedade Limitada

(10) - Sociedade Anônima (Lei das sociedades anônimas)

(11) - Segmentos do Cooperativismo (Lei das Sociedades Cooperativas)

(12) - Sociedades Dependentes de Autorização Governamental

(13) - Sociedade Nacional

(14) - Sociedade Estrangeira

(15) - Sociedades Reguladas por Legislação Especial

(16) - Outras Denominações das Sociedades (ONG - OSCIP - INSTITUTO - FRANQUIA - HOLDING - SPE)

(17) - Registro Público de Empresas Mercantis

(18) - Órgãos de Registro Tributário

(19) - Outros Órgãos de Registro e Legalização

(20) - Instrumentos de Constituição

(21) - Informações Complementares 

80

Clique aqui

20/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SPED - EFD ( ICMS/IPI ) - ENTENDENDO O BLOCO K NA PRÁTICA ( CONTROLE DA PRODUÇÃO E DO ESTOQUE )
INSTRUTOR: RUBENS HELENO DE OLIVEIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1. Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque – Bloco K
1.1. Legislação pertinente
1.2. Conceito
1.3. Obrigatoriedade
1.4. Periodicidade de informações
1.5. Certificação digital
1.6. Escrituração da EFD
1.7. Guarda
1.8. Procedimento de Retificação
1.9. Detalhamento dos Blocos de Informações
1.10. Estudo dos novos Registros:
 
2 Produtos acabados e em processo
2.1. Cadastro de produtos (reavaliação da destinação dos itens)
2.2. Consumo específico padronizado (Ficha técnica do produto)
2.3. Insumos interdependentes
2.4. Não-conformidade com o cadastro do produto
 
3 Estoques
3.1. Composição por período de apuração do ICMS ou IPI
3.2. Tipos de materiais informados
3.3. Indicação da posse do material
3.4. Reclassificação de código
3.5. Ganho na produção
 
4 Industrialização
4.1. Industrialização própria e em terceiros
4.2. Produção acabada
4.3. Produção iniciada e não acabada
4.4. Insumos consumidos
4.5. Indicação de insumos substituídos
 
5 Perdas
5.1. Análise e Informações de Perdas
5.2. Perdas resultantes do processo industrial
5.3. Perdas eventuais: sinistro, expiração de validade, deterioração
 
6 Possíveis cruzamentos pela Receita Federal
6.1. Ficha técnica do produto
6.2. Diferença de estoque
6.3. Informações da nota fiscal
 
7 Orientações e Debates

60

Clique aqui

24/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CÁLCULO E CONTABILIZAÇÃO DE AJUSTES DE RECEBÍVEIS E EXIGÍVEIS A VALOR PRESENTE
INSTRUTOR: RONALDO BORGES SIMÕES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

 

Conceitos (legislação) de AVP

Objetivo

 Alcance

 Diretrizes de mensuração

    Risco e incertezas: taxas de desconto

    Relevância e confiabilidade

    Custos x Benefícios

    Diretrizes mais específicas

 Passivos não contratuais

 Efeitos fiscais

 Classificação

 Divulgação – Notas explicativas

 Exemplos práticos e questionamentos sobre ajuste a valor presente – AVP

Tópico Especial - Ajustes de Avaliação Patrimonial – Valor Justo

 Aplicação do modelo (cálculos)  e contabilização

Utilizando a hp 12 C - taxa equivalente

Modelo de sistema de amortização financeira (exemplos)

 

80

Clique aqui

25/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: IRPJ: LUCRO REAL, PRESUMIDO E SIMPLES
INSTRUTOR: MAURÍCIO FERRERASI FARACE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Lucro Real

(1) - Introdução

(1.1) - Imposto sobre a Renda

(1.2) - Regimes de apuração do IRPJ

(2) - Quem pode optar

(2.1) - Empresas obrigadas ao Lucro Real

(3) - Procedimentos para opção

(3.1) - Prazo e forma de opção

(3.2) - Obrigatoriedade de tributação pelo Lucro Real

(4) - Regras gerais de apuração

(4.1) - Periodicidade - Anual e Trimestral

(4.2) - Formas de cálculo

(4.3) - Base de cálculo do IRPJ e da CSLL

(5) - Ajustes

(5.1) - Adições e exclusões aplicáveis ao IRPJ e à CSLL

(5.1.1) - Adições e exclusões aplicáveis ao IRPJ

(5.1.2) - Adições e exclusões aplicáveis à CSLL

(5.2) - Apuração mensal (Real Anual)

(5.2.1) - Recolhimento por estimativa do IRPJ e da CSLL

(5.2.1.1) - Tabela prática de percentuais

(5.2.1.2) - Serviços hospitalares

(5.2.1.3) - Demais receitas e ganhos de capital

(5.3) - Recolhimento por meio de balanço de redução ou suspensão

(5.3.1) - Alíquotas

(6) - Deduções e compensações

(6.1) - Ajuste anual em 31 de dezembro ou na data de encerramento das atividades

(6.1.1) - Aproveitamento das estimativas mensais

(7) - Forma e prazos para pagamento

(7.1) - IRPJ e CSLL apurados por estimativa ou por balanços de redução ou suspensão (Lucro Real Anual)

(7.1.1) - IRPJ e CSLL apurado por meio de balanços trimestrais (Lucro Real Trimestral)

(7.1.1.2) - Divisão em quotas

(7.2) - Pagamento do saldo do ajuste anual

(8) - Lucro Real Trimestral x Lucro Real Anual

(9) - Restituição ou compensação de saldo anual negativo

(10) - Obrigações acessórias

(10.1) - Escrituração

(10.2) - Declaração e demonstrativos

(11) - Contribuição Social sobre o Lucro Líquido

(11.1) - Contribuintes da CSLL

(12) - Bônus de adimplência fiscal

(12.1) - Aquisição do direito ao bônus

(12.2) - Cálculo e utilização do bônus

 

IRPJ - Lucro Presumido

Programa

(1) - Introdução

(2) - Quem pode optar

(2.1) - Atividades impedidas de optar pelo lucro presumido

(3) - Procedimentos para opção

(3.1) - Prazo e forma de opção

(4) - Regras gerais para apuração

(4.1) - Periodicidade - Apuração trimestral

(4.1.1) - Recolhimento mensal - Considerações

(4.2) - Fato gerador

(4.3) - Base de cálculo

(4.3.1) - Apuração da base de cálculo

(4.3.2) - Tabela prática de percentuais

(4.3.3) - Serviços hospitalares

(4.4) - Demais receitas e ganhos de capital

(4.4.1) - Opção pelo regime de caixa ou competência 

(4.5) - Alíquota

(4.5.1) - Adicional

(4.6) - Cálculo do Lucro Presumido

(4.6.1) - Deduções do imposto

(4.6.1.1) - Compensação de prejuízos fiscais - Impossibilidade

(5) - Prazo e forma para pagamento do imposto

(5.1) - Meios e formas

(5.2) - Prazo de recolhimento

(5.2.1) - Em cota única

(5.2.2) - Divisão em quotas

(6) - Distribuição de lucros

(6.1) - Multa na distribuição de lucros

(7) - Obrigações acessórias

 

Simples Nacional

Programa

Introdução

(1) - Regras Gerais

(2) - Tributos Abrangidos

(3) - Isenção

(4) - Imunidade

(5) - Tributos não Abrangidos

(6) - Cálculo

80

Clique aqui

25/10/2016

Barbacena - MG

CURSO: ROTINAS DE DEPARTAMENTO PESSOAL
INSTRUTOR: JÚLIO CÉSAR DOS REIS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* NÃO PONTUA PARA EDUCAÇÃO CONTINUADA

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

        I. Legislação trabalhista

        II.  Contratos de trabalho

       III.  Senhas de acesso

        IV.  Registro de empregados

       V. Controle de documentos obrigatórios

      VI. Jornada de trabalho

      VII. Cálculo da Folha mensal

     VIII. Eventos de férias e licenças

      IX.  Cálculos e Provisões de férias e 13º. Salário

      X.   Estabilidade

    XI.    Benefícios previdenciários

  XII. Rotinas de desligamento

XIII. Impostos e Contribuições

XIV. Parametrização dos proventos e descontos

  XV. Parametrização da folha de pagamento (contábil)

XVI. Desoneração da folha de pagamento

XVII. Obrigações acessórias obrigatórias.

                XVIII.  SPED - E-social

50

Clique aqui

26/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CONTABILIDADE GERENCIAL/CUSTOS: ANÁLISE E APROPRIAÇÃO DE CUSTOS
INSTRUTOR: DANIELA BALBINA DE SOUZA CRESPO MARRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.    Introdução à análise e apropriação de custos

2.    Custos de produção de bens e serviços

3.    Apuração de custos: matéria-prima e mão-de-obra

4.    Métodos de custeio: custeio por absorção e custeio variável

5.    Métodos de custeio: custo-padrão ou standard

6.    Métodos de custeio: custo abc (activity based costing)

7.    Análise dos custos e sua utilização para a determinação do preço

8.    Ponto de Equilíbrio Contábil

9.    Integração e coordenação entre custos e contabilidade

80

Clique aqui

27/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ICMS-SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA: CASOS PRÁTICOS
INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

01.  Conceito e hipóteses de substituição tributária

02.   A substituição tributária nas operações relativas à operação de mercadoria

03.  Hipóteses de aplicabilidade

04.   Hipóteses de inaplicabilidade

05.   Substituição Tributária firmado em Convênios e Protocolos

06.   Substituição Tributária de âmbito interno

07.   Substituto tributário: conceito, obrigações e direitos

08.   Substituído tributário: conceito, obrigações e direitos

09.   Conflitos de enquadramentos: NCM x Descrição de mercadorias

10.   Cálculo do imposto retido por substituição tributária

11.  MVA original e MVA ajustada

12.   Prazos e forma de recolhimento

13.   Escrituração fiscal e modelos de documentos fiscais

14.  Restituição do imposto retido

15.  Importações de Mercadorias - momento de recolhimento do tributo.

16.   Mercadorias alcançadas por substituição tributária - Anexo XV, parte 2, do RICMS/MG, com exceção dos combustíveis.

60

Clique aqui

28/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: REVISÃO FISCAL DO PIS/COFINS PRÁTICOS
INSTRUTOR: CHRISTIANE DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

MÓDULO I: ASPECTOS CONCEITUAIS DO PIS E COFINS

- Contextualização legal;

- Conceito;

- Modalidades;

- Não incidência das contribuições;

MÓDULO II: REGIMES DE TRIBUTAÇÃO  

Regime cumulativo

- Base cálculo;

- Exclusões permitidas;

- Alíquota;

- Receitas sujeitas a Cumulatividade;

- Crédito presumido;

Regime não cumulativo:

- Base cálculo;

- Exclusões permitidas;

- Alíquota;

- Créditos admitidos pela legislação;

- Limitações para aproveitamento dos créditos;

- Crédito sobre estoque de abertura;

PIS e COFINS nas importações:

- Incidência;

- Não incidência;

- Fato gerador;

- Base cálculo;

- Alíquota Zero nas importações;

- Isenções nas importações;

- Suspenção nas importações;

- Crédito nas importações;

MÓDULO III: TRIBUTAÇÃO DIFERENCIADA

- Alíquota Zero;

- Isenção;

- Não incidência;

- Suspenção;

- Incidência monofásica;

- Áreas com tributação diferenciada.    

MÓDULO IV: EFD- CONTRIBUIÇÕES  

- Conceito;

- Obrigatoriedade;

- Dispensa de apresentação;

- Prazos de apresentação;

- Multas.  

60

Clique aqui

31/10/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ICMS AVANÇADO ( PROCEDIMENTOS FISCAIS NAS PRINCIPAIS OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES )
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

MÓDULO I: ASPECTOS CONCEITUAIS DO ICMS

- contextualização legal

- conceito

- convênios e protocolos

- hipótese de incidência e não-incidência

- fato gerador da obrigação

- sujeito passivo e ativo

- NCM e descrição

- alíquotas (interna e interestadual)

- códigos CFOP e CST

MÓDULO II: FIGURAS E OPERAÇÕES ESPECIAIS DO ICMS

FIGURAS

- isenção

- suspensão

- diferimento

- não incidência

- redução da base de cálculo

- crédito presumido

- substituição Tributária (espécies)

OPERAÇÕES

- amostra grátis

- armazém geral e depósito fechado

- arrendamento mercantil (leasing)

- ativo Imobilizado (venda e transferência)

- bonificação e desconto

- brinde

- comodato e locação

- conserto de mercadoria e bens

- consignação mercantil

- demonstração

- devolução de mercadoria

- exposição em feira

- mostruário

- sucata

- transferência de mercadoria

- vasilhames e sacarias

- venda à ordem e transferência à ordem

- venda para entrega futura

- zona franca de Manaus e área de livre comércio (Alca), outro (...)

MÓDULO III: PENALIDADES APLICÁVEIS AO ICMS

- prazo de recolhimento do ICMS

- multas e juros

- autuações fiscais

- denúncia espontânea (CTN) 

80

Clique aqui

31/10/2016

São Lourenço - MG

CURSO: DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E EXIGÊNCIA DO CÓDIGO CEST NAS NOTAS FISCAIS - EC 87/2015 E CONVÊNIOS ICMS 92 E 93/2015
INSTRUTOR: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

- Conceitos dos  Princípios do Direito Tributário (ICMS);

- EC n° 87, de 16/04/2015 -  Diferença de Alíquota – DIFAL, para consumidor final.

- Decreto n° 46.859, de 01/10/15 - Majoração das Alíquotas Internas de MG;

- Convênio ICMS 92, de 20/08/15 - Uniformização do Regime de ST e ICMS Antecipado e o CEST

- Convênio ICMS 93, de 17/09/2015 - Dispõe sobre os procedimentos a serem observados nas operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidor final não contribuinte do ICMS, localizado em outra unidade federada.

- Decreto n° 46.930, de 30/12/2015 – Consolidação das Alterações no RICMS/MG

- Decreto n. 46.931, de 30/12/2015 -  Alterações sobre a substituição tributária após as alterações promovidas pela Lei Complementar nº 147/2014.

- Adicional de alíquota do FEM - Fundo de Erradicação da Miséria;

- Aplicabilidade do FEM;

- Cálculo do adicional de alíquota do FEM;

- Obrigações principal e acessórias do FEM;

- Lei n° 8.137/90 - Crimes contra à Ordem Tributária

- Estudo de casos – Exercício para fixação da matéria.

50

Clique aqui

07/11/2016

Barbacena - MG

CURSO: DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E EXIGÊNCIA DO CÓDIGO CEST NAS NOTAS FISCAIS EC 87/2015 E CONVÊNIOS ICMS 92 E 93/2015
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

MÓDULO I - Emenda Constitucional 87/2015 e Convênio ICMS 93/2015 com alterações

Novo fato gerador do ICMS,

Inconstitucionalidade do Protocolo ICMS 21/2011 e Guerra Fiscal,

Repartição do imposto entre os Estados ,

Período de transição,

Responsabilidade pelo recolhimento do diferencial de alíquota (remetente e destinatário),

Inscrição de contribuinte substituto,

Diferencial de alíquota nas operações com serviços de transportes,

Base de Calculo e apuração do DIFAL (diferencial de alíquota) – operações com contribuintes e não contribuintes (Abordagens específicas de alguns estados),

Operações com benefícios fiscais,

Alíquotas interestaduais e internas,

Fundo de Erradicação da Miséria e Combate a Pobreza,

Forma de recolhimento,

Emissão da Nota Fiscal Eletrônica e do DANFe,

Obrigações acessórias (GIA – ST e Destda),

Novos registros do SPED Fiscal,

 MÓDULO II - Substituição tributária do ICMS - Convênio ICMS 92/2015 com alterações

Conceitos e fundamentos da Substituição Tributária

Análise do Convênio ICMS 92/2015 e legislações correlatas

Novos produtos sujeitos à Substituição Tributária

Efeitos da alteração nas operações internas e interestaduais

Procedimentos para levantamento de estoque pela exclusão e inclusão de produtos na sistemática da substituição tributária

Prazos para recolhimento

Possibilidade de parcelamento

Possibilidade de usar saldo credor

50

Clique aqui

10/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: IMOBILIZADO, INTANGÍVEL E IMPAIRMENT ( ESTOQUES FISCAL E CONTÁBIL )
INSTRUTOR: ADILSON TORRES 

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Imobilizado: Conceito,
 
O que pode e o que não pode ser somado ao custo do imobilizado,
Depreciação (novos critérios),
Valor realizável líquido,
Casos especiais,
Casos práticos,
Notas explicativas;
 
Intangível: Conceito,
 
O que pode e o que não pode ser somado ao custo do intangível,
Intangível adquirido e intangível gerado internamente,
Pesquisa e desenvolvimento,
Vida útil definida e indefinida,
Métodos de amortização, Valor residual,
Notas explicativas;
 
Impairment: Conceito,
 
Indicadores de desvalorização,
Unidade geradora de caixa,
Valor em uso e valor de venda,
Exemplos práticos,
Reversão,
Notas explicativas.

80

Clique aqui

11/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS E PONTOS DE ATENÇÃO NO CONTROLE POR SUBCONTAS
INSTRUTOR: ADILSON TORRES

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

NBC Novas Normas Brasileiras de Contabilidade / NBC / IFRS
Novas Normas Fiscais e Procedimentos de Ajustes Contábeis
Conceituação de planos de contas e plano de contas referencial;
A importância do plano de contas para as empresas;
Entendendo a Lei nº 12.973/2014 - torna obrigatório controle em subcontas;
IN RFB nº 1515/2014 - Detalhamento do uso das subcontas;
Quais empresas estão obrigadas a implantação das subcontas;
Procedimentos contábeis e pontos de atenção no controle das subcontas;
Interação do plano de contas com os controles fiscais;
Tratamento das diferenças no Livro de apuração do lucro real;
Exemplos Práticos de Contabilização por meio de Subcontas
Estudos de Casos Práticos

80

Clique aqui

17/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: DIFERENCIAL DE ALÍQUOTAS E SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA E CONVÊNIOS ICMS 92 E 93/2015
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

MÓDULO I - EC N° 87/2015 E CONVÊNIO ICMS 93/2015 COM ALTERAÇÕES 

1. Novo fato gerador do ICMS,

 2. Inconstitucionalidade do Protocolo ICMS 21/2011 e Guerra Fiscal, 

3. Repartição do imposto entre os Estados , 

4. Período de transição, 

5. Responsabilidade pelo recolhimento do diferencial de alíquota (remetente e destinatário), 

6. Inscrição de contribuinte substituto, 

7. Diferencial de alíquota nas operações com serviços,

8. Fundo de Erradicação da Miséria (Contextualização, incidência e cálculo) 

9. Base de Calculo e apuração do DIFAL (diferencial de alíquota) – operações com contribuintes e não contribuintes (Abordagens específicas de alguns estados),

10. Operações com benefícios fiscais, 

11. Alíquotas interestaduais e internas,

12. Forma de recolhimento, 

13. Emissão da Nota Fiscal Eletrônica e do DANFe, 

14. Obrigações acessórias (GIA – ST, Destda e SPED Fiscal),

MÓDULO II – SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 

1. Conceitos e fundamentos constitucionais da Substituição Tributária;

 2. Responsabilidade Solidária 

3. Espécies e Contribuinte Substituto e Substituído 

4. Hipóteses de Incidência 

5. Contextualização do Convênio ICMS n° 92/2015 

6. Principais abordagens do Convênio ICMS n° 92/2015 

7. Código CEST

 8. Venda de Mercadorias pelo sistema Porta a Porta 

9. Convênio ICMS n° 53/2016, alterações significativas no Conv. 92/2015 

10. Produtos sujeitos a ST em MG 

10.1. Decreto 46.931/2015 

10.2. Decreto 47.013/2016 

10.3. Anexo XV, Parte 2 do RICMS/MG 

11. Base de Cálculo 

11.1. PMPF / Pauta Fiscal / MVA 

12. Cálculo do ICMS/ST

 12.1. Impactos do FEM no Cálculo

 13. Estoque de Substituição Tributária 

13.1. Ajustes dos Estoques 

13.2. Restituição sobre Estoques 

14. Recolhimento 

14.1. Formas e Prazos de Recolhimento 

14.2. Recolhimentos em atraso

 

60

Clique aqui

21/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: LEI 12.973/2014 APLICADA A ECD E A ECF
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

I. INTRODUÇÃO

II. CONTEXTUALIZAÇÃO LEGAL DAS ALTERAÇÕES EM ÂMBITO FEDERAL COM FOCO NO IFRS

III. OBJETIVOS E AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DAS LEIS N° 11.638/2007 E 12.973/2014

IV. REGRAS ESPECÍFICAS DA ECF

1.      Pessoas Jurídicas obrigadas e desobrigadas a apresentar a ECF

2.      Prazos para entrega

3.      Cruzamentos da ECF com outras declarações acessórias

4.      Cuidados a serem tomados com a vinda do ECF se comparada com a DIPJ

5.      Penalidades pela não entrega

 

V. IMPORTANTES CONSIDERAÇÕES, QUE IMPACTAM A ESCRITURAÇÃO DA ECF

 

1.      BLOCO 0 – Abertura, Identificação e Referências

2.      BLOCO C – Informações Recuperadas da ECD

3.      BLOCO E – Recuperação de Dados da ECF Anterior e Cálculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD

4.      BLOCO J – Plano de Contas e Mapeamento

5.      BLOCO K – Saldos das Contas Contábeis e Referenciais

6.      BLOCO L – Apuração do Resultado Contábil (Balanço e DRE)

7.      BLOCO M e N – Apuração do Lucro Real (e-Lalur e e-Lacs)

7.1.Pessoas Jurídicas Obrigadas

7.2.Momento da Opção

7.3.Síntese da Apuração: Anual com base na Estimativa Mensal e/ou Suspensão e Redução, e Trimestral

7.4.Pagamento

7.5.Novidades! Importantes Adições e Exclusões fundamentadas pela Lei 12.973/14 e IN RFB n° 1.515/2014.

a)      Ganhos ou Perdas decorrentes de AVJ de Ativos e Passivos

b)      Lucros e Dividendos

c)      Juros sobre Capital Próprio

d)     Subvenções Governamentais

e)      Arrendamento Mercantil

f)       Perdas no Recebimento de Créditos

g)      Variação Cambial

7.6.Compensação do Prejuízo Fiscal e da Base Negativa CSLL.

7.7.Deduções Legais

7.8.Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

8.      BLOCO P – Lucro Presumido

8.1.Pessoas Jurídicas que podem Optar

8.2.Síntese da Apuração: Competência ou Caixa

8.3.Impactos específicos da Lei 12.973/14 e IN 1.515/14

8.4.Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

9.      BLOCO X – Informações Econômicas (Alguns registros)

10.  BLOCO Y – Informações Gerais (Alguns registros)

 

80

Clique aqui

22/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CÁLCULOS E ROTINAS TRABALHISTAS E DIGITAIS
INSTRUTOR: ANDRÉIA FERNANDES DA MOTA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1.    Aspectos Trabalhistas
- Tipos de Contratos
- Espécies de Trabalhadores
- Empregador
- Grupo Econômico

2. Procedimentos da Empresa na Admissão de Empregados
- Recrutamento
- Seleção
- Admissão
- Exames Médicos
- Acúmulo de Funções
- Jornada de Trabalho
- Horas Extras
- Acordo de Compensação de Horas
- Intervalos
- Controle de Jornada
- Repouso Semanal Remunerado
- Verbas Salariais
- Adicionais (noturno, insalubre, periculoso e transferência)
- Décimo Terceiro Salário
- Férias (individuais e coletivas)
- Atestados Médicos

3. Folha de Pagamento
- Fechamento
- Recibo de Pagamento
- Descontos
- Contribuição Sindical
- Contribuição Instituída pelos Sindicatos
- Vale Transporte

4. Rescisão do Contrato de Trabalho
- Homologação
- Aviso Prévio
- Estabilidades
- Falecimento do Empregado
- Justa Causa

5. Previdência Social
- Contribuição da Empresa
- Contribuição do empregado

      6.SPED - E-social

                    Obrigações acessórias obrigatórias.

 

80

Clique aqui

23/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA - DFC ( COM FOCO EM PREPARADORES DE BALANÇO )
INSTRUTOR: PATRICIA REGINA TELES DE AVILA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Procedimentos Formais para a Elaboração e Apresentação da DFC
- Considerações iniciais
- Estrutura Internacional da DFC (IAS 7)
- Benefícios da DFC
- Significado de Caixa e Equivalente de Caixa
- Grupo de contas que compõem a DFC
- Relação entre o Fluxo Econômico e Financeiro
- Transações que envolvem Caixa ou Equivalentes de Caixa
- Transações que não envolvem Caixa ou Equivalentes de Caixa
- Fluxos de Caixa em moeda estrangeira
- Classificação e análise por atividades 
- Atividades Operacionais 
- Atividades de Investimento
- Atividades de Financiamento
- Elaboração pelos Métodos Direto e Indireto
- Conciliação entre o Lucro Líquido e o Fluxo de Caixa das Atividades Operacionais
- Divulgação da DFC juntamente com as demais demonstrações financeiras no encerramento do exercício para atendimento legal
- Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis
- Caso prático
 

60

Clique aqui

24/11/2016

João Monlevade - MG

CURSO: ELABORAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA
INSTRUTOR: JÚLIO CÉSAR DOS REIS

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1 – Contextualização geral da DFC

2 – Benefícios

3 – Definições gerais

4 – Atividades Operacionais

5 – Atividades de Investimento

6 – Atividades de Financiamento

7 – Fluxos de caixa em moeda estrangeira

8 – Transações evidenciadas na DFC

9 – Outras informações adicionais

10 – Exercícios: elaboração da DFC 

60

Clique aqui

25/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL PARA ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR
INSTRUTOR: REGIS MONTEIRO FERREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

·         Aspectos Introdutórios

*   Caracterização das Entidades

*   Aspectos Legais (legislação aplicada)

·         Aspectos Contábeis

*   Plano de Contas

*   Segregado por Atividades

*   Classificação Contábil das Receitas e Despesas

*   Escrituração das Gratuidades

*   Subvenções Governamentais

*   Doações de Bens

*   Lançamentos Contábeis Obrigatórios

*   Contabilização de Serviços de Voluntários

*   Controle Patrimonial

*   Elaboração e divulgação de Balanço Patrimonial

*   Elaboração e divulgação de Demonstração do Resultado do  Exercício

*   NBC TG 26 (R1) – Apresentação das Demonstrações Contábeis

                                     *  Parecer da Auditoria Independente·         

80

Clique aqui

28/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: TRIBUTAÇÃO PELO LUCRO REAL ( APURAÇÃO DO IRPJ E DA CSLL COM BASE NA LEI 12.973/2014
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1. - Alterações na legislação tributária federal – Lei 12.973/2014
1.1 - Extinção do RTT
1.2 - Escrituração Contábil Fiscal (ECF) 
1.3 - Conceito e tributação do valor justo e presente de acordo com as novas regras de contabilidade
1.4 - Novo conceito de receita bruta
1.5 - Cruzamento de informações efetuado pelo Fisco 
1.6 - Opção pela forma de tributação
1.7 - Pessoas jurídicas obrigadas à apuração do lucro real

2. - Lucro Real Trimestral:
2.1 - Apuração do imposto
2.2 - Compensação de prejuízos fiscais
2.3 - Pagamento do imposto
2.4 - Tributação da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido
2.5 - Vantagens e desvantagens
2.6 - Exemplo prático

3. - Lucro Real Anual:
3.1 - Regime da Estimativa
3.2 - Apuração do imposto
3.3 - Percentuais aplicados sobre a receita bruta
3.4 - Cálculo do imposto
3.5 - Deduções permitidas
3.6 - Vantagens e desvantagens
3.7 - Exemplo prático

4. - Balanço de Suspensão ou Redução:
4.1 - Condição para a suspensão ou redução de pagamento
4.2 - Compensação de prejuízos fiscais
4.3 - Cálculo do imposto 
4.4 - Comparação do imposto devido com o pago
4.5 - Pagamento do imposto
4.6 - Vantagens e desvantagens
4.7 - Exemplo prático

5. - Incentivos Fiscais:
5.1 - Beneficiários
5.2 - Tipos de incentivos fiscais
5.3 - Exemplo prático

6. - Bens do ativo imobilizado:
6.1 - Reajuste do valor unitário
6.2 - Dedutibilidade do Impairment
6.3 - Depreciação
6.4 - Prejuízos não operacionais

7. - Distribuição de Lucros:
7.1 - Novidade trazida pela Lei nº 11.638/2007
7.2 - Distribuição antecipada durante o ano-calendário
7.3 - Limite de isenção do imposto de renda na fonte

8 - Juros sobre o Capital Próprio:
8.1 - Apuração da base de cálculo
8.2 - Limite de dedutibilidade
8.3 - Cálculo dos juros
8.4 - Vantagens e desvantagens
8.5 - Exemplo prático

 

80

Clique aqui

29/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: IFRS PARA MPE
INSTRUTOR: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE AUDITORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

 MODULO I – IFRS PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

1. Contextualização Legal

2. Principais alterações trazidas pela Lei 11.638/07 e 11.941/09

3. Resolução CFC n° 1.255/09, que aprova a NBC TG 1.000

4. Aplicação das Normais Internacionais de Contabilidade

5. Definições Legais de (ME) e (EPP)

6. Objetivos e Características das demonstrações financeiras

7. Balanço Patrimonial

8. DRE e DRA

9. DMPL e DLPA

10. DFC

11. Notas Explicativas

12. Mudanças de Praticas Contábeis

13. Ratificação de Erros de Exercícios Anteriores

14. Estoques

15. Ativo Imobilizado

16. Impairment

 17. Ativo Intangível

18. Arrendamento Mercantil

19. Provisões de Passivos e Ativos Contingentes

20. Receitas

 21. Adoção das Normas Internacionais de Contabilidade

 MODULO II – IFRS PARA MICRO EMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

1. Resolução CFC n° 1.418/12, que aprova a ITG 1.000

2. Adição da ITG 1.000

3. Escrituração Contábil

4. Plano de Contas Simplificado

5. Carta de Responsabilidade 

80

Clique aqui

29/11/2016

João Monlevade - MG

CURSO: CONTABILIDADE E IMUNIDADE TRIBUTÁRIA NAS ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR
INSTRUTOR: CLÁUDIA DE QUEIRÓZ CANÇADO GONTIJO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

  • Módulo I: Processo de Convergência para as Normas internacionais – IFRS
  • Módulo II: Principais Normas brasileiras de Contabilidade aplicáveis as entidades sem fins lucrativos:
    • Depreciação conforme a vida útil e utilização dos bens;
    • Redução ao valor recuperável de ativos – Impairment Test;
    • Arrendamento mercantil operacional e financeiro;
    • Ajuste ao valor presente de ativos e passivos;
    • Subvenção Pública;
    • Propriedade para investimento: quando contabilizar no subgrupo investimentos;
    • Contabilização dos Voluntários;
    • Receitas e Despesas;
    • Doações e Subvenções Recebidas Para Custeio e Investimento;
    • Demonstrações contábeis obrigatórias para entidade;

o    Notas Explicativas – Divulgação.

·         Módulo III: Imunidade Tributária

 

60

Clique aqui

30/11/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: AUDITORIA CONTABIL INTERNA
INSTRUTOR: CLÁUDIA DE QUEIRÓZ CANÇADO GONTIJO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE AUDITORES 

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

  • Módulo I: Auditoria Interna
    • Processo de Contratação, Definição e Substituição do Responsável pela Auditoria Interna;
    • Independência e Objetividade da Auditoria Interna;
    • O Processo de Comunicação entre a Auditoria Interna, o Conselho de Administração e os Comitês da Empresa;
    • Definições sobre o Comitê de Auditoria;
    • Atividades da Auditoria Interna;
    • Padrões e práticas da Profissão;
    • Plano Anual;
    • Escopo do Trabalho;
    • Relatórios e Recomendações
    • Acompanhamento das Melhorias Propostas – “follow up”

60

Clique aqui

01/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: RETENÇÕES NA FONTE ( INSS, PIS/PASEP, COFINS, CSLL, IR E ISS )
INSTRUTORA: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Aspectos Gerais dos Documentos Fiscais para a Retenção

  • Espécie e modelo de documentos;
  • Documento falso ou inidôneo;
  • Efeitos da data de emissão e momento de emissão;
  • Descrição dos serviços;
  • Fornecimento de serviços e mercadorias;
  • Indicação da retenção de tributos no documento;
  • Dispensa da emissão de documento;
  • Retificação e Cancelamento do Documento.

Retenção de Tributos

a)   ISS

·         Conceito de serviços;

·         Fato Gerador do tributo;

·         Não Incidência e Isenção;

·         Local de Recolhimento do Tributo;

·         Base de Cálculo e alíquotas;

·         Hipóteses de retenção – Contribuinte responsável e substituto tributário;

·         Dispensa da retenção;

·         Obrigações Acessórias;

b)    IRRF, PIS, COFINS e CSLL

§   Serviços sujeitos a retenção;

§   Base de Cálculo e Alíquotas;

§   Dispensa da Retenção;

§   Retenção por Órgãos da Administração Pública, Fundações, Autarquias e outros;

§   Emissão de Documentos de Cobrança – Nota Fiscal e Boleto de Cobrança;

§   Obrigações Acessórias;

§   Responsabilidade pela retenção;

§   Compensação dos Valores Retidos.

c)   INSS

·         Conceito de cessão e empreitada de mão de obra;

·         Serviços sujeitos a retenção;

·         Dispensa da retenção;

·         Materiais e equipamentos a serem deduzidos;

·         Base de Cálculo e alíquota;

·         Retenção na construção civil e especiais;

·         Cooperativas de trabalho e empresas do simples nacional;

·         Obrigações Acessórias.

d)   AUTÔNOMO

80

Clique aqui

02/12/2016

São Lourenço - MG

CURSO: DESTDA
INSTRUTORA: EUNICE FABIANA DE CARVALHO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA AUDITORES E PARA OS RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

- Conceitos dos  Princípios do Direito Tributário (ICMS);

- EC n° 87, de 16/04/2015 -  Diferença de Alíquota – DIFAL, para consumidor final.

- Decreto n° 46.859, de 01/10/15 - Majoração das Alíquotas Internas de MG;

- Convênio ICMS 92, de 20/08/15 - Uniformização do Regime de ST e ICMS Antecipado e o CEST

- Convênio ICMS 93, de 17/09/2015 - Dispõe sobre os procedimentos a serem observados nas operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidor final não contribuinte do ICMS, localizado em outra unidade federada.

- Decreto n° 46.930, de 30/12/2015 – Consolidação das Alterações no RICMS/MG

- Decreto n. 46.931, de 30/12/2015 -  Alterações sobre a substituição tributária após as alterações promovidas pela Lei Complementar nº 147/2014.

- Adicional de alíquota do FEM - Fundo de Erradicação da Miséria;

- Aplicabilidade do FEM;

- Cálculo do adicional de alíquota do FEM;

- Obrigações principal e acessórias do FEM;

- Lei n° 8.137/90 - Crimes contra à Ordem Tributária

- Estudo de casos – Exercício para fixação da matéria.

50

Clique aqui

02/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: CONTABILIDADE IMOBILIÁRIA
INSTRUTORA: EVARLEY DOS SANTOS PEREIRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1        Introdução ao Sistema de Contabilidade Imobiliária

o   Conceitos Iniciais

2        Formas do Negocio Imobiliário

o   Equiparação de Pessoa Física a Pessoa Jurídica - condições, rotinas contábeis e tributárias, obrigações;

o   Sociedade em Conta de Participação - SCP;

o   Sociedade de Propósito Específico - SPE;

o   Patrimônio de Afetação;

o   Consórcio de Empresas;

o   Condomínio; e

o   Parceria Imobiliária.

3        Contabilidade Societária

o   Conceitos Básicos;

o   Registro e Controle de Estoques de Imóveis;

o   Formação de custo de obra;

o   Apuração do resultado das vendas à vista e à prazo;

o   Contratos com Clausula Suspensiva;

o   Tratamento tributário dos juros e atualização monetária nos contratos de vendas a prazo – Ajuste de Valor Presente;

o   Momento de reconhecimento da Receita e Custos;

o   Procedimento contábil em relação à comissão de venda, estande de vendas e apartamento modelo;

o   Provisão de Garantia;

o   Reconhecimento contábil de resultado pelo grau de execução da obra – POC;

o   Tratamento contábil dos encargos da venda; e

o   Permuta Imobiliária.

4        Contabilidade Fiscal

o   Permuta de Imóveis – tributação no lucro real e presumido

o   Tributação do Patrimônio de Afetação das incorporações imobiliárias – Lei 10.931/04

o   Apuração do IRPJ, CSLL, do PIS e da COFINS nas operações imobiliárias

5        Obrigações Acessórias

o   DIMOB - Declaração de Informações sobre Atividade Imobiliária

o   EFD Contribuições: Escrituração Fiscal Digital das Contribuições

o   DOI – Declaração de Operações Imobiliárias

o   COAF – Conselho de Controle das Atividades Financeiras

 

80

Clique aqui

05/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: IMPOSTO DE RENDA COM FOCO NAS ALTERAÇÕES PARA 2017
INSTRUTORA: CHRISTIANE FERRAZ DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

*  PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

 

I. INTRODUÇÃO

II. CONTEXTUALIZAÇÃO LEGAL DAS ALTERAÇÕES EM ÂMBITO FEDERAL COM ENFOQUE NAS NOVAS REGRAS DO NBC TG 1.000 ADOÇÃO EM 1° JANEITO 2017

III. OBJETIVOS E AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DAS LEIS N° 11.638/2007 E 12.973/2014

IV. SPED-ECD / ECF E FCONT

IV.1. Objetivos e Finalidade

IV.2. Obrigatoriedade

IV.3. Prazo de Entrega

V. IRPJ/CSLL – LUCRO REAL

V.1. Pessoas Jurídicas Obrigadas

V.2. Momento da Opção

V.3. Síntese da Apuração

V.3.1. Anual (Estimativa Mensal e Suspensão e Redução)

V.3.1. Trimestral

V.4. Pagamento

V.5. Importantes Adições e Exclusões (Foco na IN RFB 1.515/2014)

V.5.1. Ganhos ou Perdas decorrentes de AVJ de Ativos e Passivos

V.5.2. Lucros e Dividendos

V.5.3. Juros sobre Capital Próprio

V.5.4. Subvenções Governamentais

V.5.5. Arrendamento Mercantil

V.5.6. Perdas no Recebimento de Créditos

V.6. Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

V.7. Compensação do Prejuízo Fiscal e da Base Negativa CSLL.

V.8. Deduções Legais

V.9. Penalidades

VI. IRPJ/CSLL – LUCRO PRESUMIDO

VI.1. Pessoas Jurídicas que podem Optar

VI.2. Síntese da Apuração

VI.2.1. Competência

VI.2.2. Caixa

VI.3. Impactos específicos da Lei 12.973/14 e IN 1.515/14

VI.4. Mudança do Lucro Real para Lucro Presumido

VII. SIMPLES NACIONAL

VII.1. Pessoas Jurídicas que podem Optar

VII.2. Considerações sobre a apuração

VII.3. Novidades para 2017 e 2018

VII.4. Obrigações Acessórias

60

Clique aqui

06/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: NBC ITG 2002
INSTRUTORA: CLÁUDIA DE QUEIRÓZ  CANÇADO GONTIJO

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

  • Modulo I: Resolução 1.409 – ITG 2002:
    • Finalidade e Vigência da Nova ITG2002;
    • Principais características das Demonstrações Contábeis;
    • Reconhecimento de ativos, passivos e contas de resultado;
    • Balanço Patrimonial;
    • Demonstração do Resultado do Período;
    • Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido;
    • Demonstração do Fluxo de Caixa;
    • Notas Explicativas;

 

  • Modulo II: Aplicação práticas, principais questionamentos.

60

Clique aqui

07/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DE 2016 DAS PEQUENAS e MÉDIAS EMPRESAS - PME
INSTRUTORA: DANIELA BALBINA  DE SOUZA CRESPO MARRA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA SOMENTE PARA AUDITORES

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

a) A contabilidade e seu encerramento
 
a. Planejamento do processo contábil
b. Estrutura patrimonial
c. Estrutura de resultados
d. Provisões, despesas antecipadas e contas retificadoras.
 
b) Demonstrações contábeis
 
a. Observações da legislação societária (IFRS, CPC, ITG, TG)
b. Finalidade
c. Conjunto Completo
d. Informações Comparativas
e. Identificação
f. Apresentação Apropriada
g. Considerações Gerais
 
c) Estrutura e Conteúdo
 
a. Balanço Patrimonial
b. Demonstração do Resultado
c. Demonstração do Resultado Abrangente
d. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido
e. Demonstrações do Fluxo de Caixa
f. Evento Subsequente
g. Notas Explicativas
 
d) Modelos de Relatórios Anuais para Divulgação
 
a. Definições
b. Estrutura de Relatórios Anuais
c. Modelos de Demonstrações Contábeis
d. Modelos das Principais Notas Explicativas

80

Clique aqui

09/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: SIMPLES NACIONAL - PRINCIPAIS ALTERAÇÕES 
INSTRUTORA: MAURICIO FERRARESI FARACE

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

*  PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

Simples Nacional


(1) - Principais aspectos do Simples Nacional

(2) - Momento da opção pelo regime do Simples Nacional para 2017

(3) - Vedações ao regime tributário do Simples Nacional

(4) - Relações dos sócios com outras empresas

(5) - Atividades permitidas ao ingresso no regime de tributação Simples Nacional

(6) - Impostos e contribuições abrangidos pelo Simples Nacional

(7) - Conceito de receita bruta no Simples Nacional (Resolução 129/2016)

(8) - Prazo de pagamento e documento de arrecadação

(9) - Período da receita bruta utilizada para determinação da alíquota

(10) - Apuração segregada por atividade

(11) - Tributação dos ganhos de capital

(12) - Regime de tributação das receitas - Caixa ou Competência

(13) - Regras para compensação de imposto pago Indevidamente ou a maior

(14) - Obrigações acessórias

(15) - Livros fiscais e contábeis

(16) – Distribuição de lucros aos sócios

 

Exclusão do Simples Nacional


(17) - Exclusão por opção do contribuinte

(18) - Exclusão por obrigação

(19) - Procedimentos para exclusão do Simples Nacional

(20) - Efeitos da exclusão do Simples Nacional

 

Principais mudanças realizadas pela Lei Complementar 155/2016

(1) - Elevação do teto de faturamento anual do Simples Nacional

(2) - Novo limite anual de receita bruta para Empresa de Pequeno Porte acima de R$ 3,6 milhões

(3) - ICMS e IPI a partir de R$ 3,6 milhões não estão contemplados no regime do Simples Nacional

(4) - Sublimite obrigatório para ICMS e ISS

(5) - Permissão para os pequenos negócios do segmento de fabricação de bebidas (cervejas, vinhos e cachaças) na opção pelo Simples Nacional

(6) - Reformulação dos anexos do Simples Nacional

(6.1) - Revogação do anexo VI

(6.2) - Novas atividades que poderão ser tributadas no anexo III

(6.3) - Redução de seis para cinco tabelas (Anexo I a V) e, redução de 20 (vinte) para 06 (seis) faixas de tributação no Simples nacional

(7) - Regulamentação da figura do profissional parceiro para o segmento de salão de beleza

(8) - Aumento no limite para enquadramento no MEI

(9) - Vantagens quanto a licitações – MEI

(10) - Novas regras para retenção de ISS em relação as notas fiscais de serviço

(11) - Regulamentação da figura dos investidores anjo para o Simples Nacional

(12) - Parcelamento - Débitos vencidos até a competência maio de 2016 – Condições e prazo até 120 meses

(12.1) - Prazo para adesão ao parcelamento

(12.2) - Valor das parcelas

(12.3) - Desistência de parcelamento anterior

(12.4) - Acréscimo da taxa SELIC sobre as parcelas a pagar

(13) - Vigência da Lei com produção de efeitos.

80

Clique aqui

12/12/2016

Belo Horizonte - MG

CURSO: PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA 2017 ( ENFOQUE GERENCIAL - COM RECENTES ALTERAÇÕES QUE TROUXERAM  IMPACTOS NA ESCOLHA DO REGIME FISCAL )
INSTRUTORA: CHRISTIANE DE SOUZA DUTRA ROCHA

OBSERVAÇÃO: USO DE CALCULADORA OBRIGATORIO

* PONTUA PARA AUDITORES E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

DOE 01 LATA DE LEITE EM PÓ

O PROFISSIONAL DEVERÁ EMITIR UMA DECLARAÇÃO QUE O ESTUDANTE CUMPRE OS REQUISITOS CONSTANTES NA RESOLUÇÃO CFC Nº 1.246/09.

Clique aqui para baixar a apostila

Conteúdo Programático

1. INTRODUÇÃO

Carga tributária atual e ideal

 Definição de Planejamento Tributário

 A importância do Planejamento Tributário

 Elisão x Evasão

 Desconsideração dos negócios jurídicos

 Desconsideração da personalidade jurídica.

 

2. REGIMES DE TRIBUTAÇÃO

a) Lucro Real - IR/CSLL

 Quem está obrigado

 Fato gerador, Base de cálculo e Alíquota

 Periodicidade para a apuração

 Adições e exclusões do lucro líquido – exemplos

 Compensação de prejuízos fiscais

 Adicional devido sobre o lucro real – AIR

 Estimativa mensal – vantagens

 Ganhos de capital e o "Lucro Estimado"

 Cálculo do imposto mensal

 Balanços de suspensão/redução

 Créditos não recuperáveis

 Aproveitamento de incentivos fiscais

 Vantagens e desvantagens

 

b) Lucro Presumido - IR/CSLL

 Quem pode optar e impedimentos

 Valores que compõem e não compõem a receita

 Regime de competência ou de caixa

 Forma e momento de manifestar a opção

 Cálculo do lucro presumido: Atividades x Percentuais aplicáveis

 Determinação do imposto - Deduções – Compensações

 Incentivos fiscais - Vedação à dedução

 Lucros e dividendos distribuídos aos sócios

 Vantagens e desvantagens lp

 Ponto de equilíbrio: lucro real x lucro presumido

 

3. "CASES"

Remuneração dos sócios:

a)Pró-labore b) Distribuição de lucro c) Juros sobre capital próprio (Lei 12.973/14)

 

 PAT – Dedutibilidade

 Depreciação acelerada

 Aluguel de imobilizado

 Desconto comercial x Desconto financeiro

 Brindes x Bonificações

 Provisão de férias

 

4. PIS/COFINS

 Sistema cumulativo

 Sistema não-cumulativo (Lei 12.973/14)

 Créditos de bens do ativo - Opção do contribuinte.

 

5. SIMPLES NACIONAL - PRINCIPAIS ASPECTOS

 Pontos relevantes para opção

 Limites de faturamento

 Recuperação de créditos fiscais – Restrições

 Transferência de créditos x Perfil de clientes

 Simples Nacional x Lucro presumido - Análise comparativa.

 

6. CASOS DE DESCONSIDERAÇÃO DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

 Decisões do CARF e do Judiciário. 

80

Clique aqui